Alvo de operação da Draco teria dado ordem para homicídio no bairro Arroio Grande


Por: Portal Arauto
Publicado 17/11/2021 19:00
Atualizado 18/11/2021 08:57

Polícia   INVESTIGAÇÃO

Apontado como gerente do tráfico de drogas na Zona Sul de Santa Cruz, o homem de 25 anos, que foi alvo principal de uma operação da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco) nesta quarta-feira (17), também está entre um dos indiciados por um crime que chocou a comunidade do bairro Arroio Grande.

Conforme o titular da 2ª DP, que apoiou a ofensiva contra o grupo que domina o tráfico na região, delegado Alessander Zucuni Garcia, o criminoso foi indiciado por ser o responsável por conseguir o motorista, o carro e a arma do crime, cometido no dia 17 de maio. Ele também teria sido o mandante do assassinato, que teve como vítima Erickson da Silva Pires, de 26 anos. Para motivar Erickson a ir ao local do crime, na Rua Professor Antonio Koehler, o criminoso prometeu que alguém iria lhe entregar algo. Na ocasião, um outro apenado também teria ajudado no planejamento do crime.

Operação

A ofensiva desta quarta, foi deflagrada com objetivo de desmantelar a célula criminosa que atua na Zona Sul da cidade. O grupo atua no comércio de entorpecentes nos bairros Arroio Grande, Renascença, Aliança, além de outros pontos. As investigações apontaram que o detento, indiciado pela morte de Erickson, é quem comanda o grupo de dentro da cadeia. "De dentro do presídio ele estava comandando a ação de diversos indivíduos e hoje foi feita essa operação. Através de diversas diligências representamos pelo mandado de busca", destaca.

Além do preso, a operação cumpriu mandados nas residências de pessoas que, supostamente, atuariam para ele armazenando e vendendo drogas. Um homem de 31 anos acabou preso em flagrante. Relembre

 


Foto: Arquivo/Portal Arauto
Assassinato ocorreu no dia 17 de maio
Assassinato ocorreu no dia 17 de maio