Aprovada alteração na lei do transporte público em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 23/02/2021 06:41
Atualizado 23/02/2021 08:57

Geral   PARA REDUZIR VALOR

A Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul aprovou a alteração na lei do transporte público na sessão realizada no final desta segunda-feira (22). Pela alteração, as empresas de transporte público urbano poderão utilizar os ônibus em circulação até 15 anos de fabricação. Atualmente o limite era de 12 anos. A alteração tem o objetivo de reduzir o custo da operação do serviço para aliviar a pressão sobre o valor da tarifa, que atualmente é de R$ 4,45.

Também foram aprovados pedidos de informações e requerimentos diversos. O vereador Raul Fritsch encaminhou pedido de informações à Agerst sobre a majoração dos valores referente à cobrança do serviço de fornecimento de água por parte da Corsan. Alberto Heck (PT) requer informações sobre a autorização, manutenção e substituição de árvores.

Aumento na fiscalização contra aglomerações

Os vereadores de Santa Cruz do Sul se manifestaram contra um possível fechamento do comércio e demais atividades no município durante sessão na tarde desta segunda-feira. A região do Vale do Rio Pardo foi classificada em bandeira preta no modelo de Distanciamento Controlado - que restringe os serviços em inúmeros setores da economia - mas, após definição do Governo do Estado, poderá adotar o sistema de cogestão, que permite aos prefeitos seguirem regras de bandeira vermelha. Nos pronunciamentos, os parlamentares defenderam ainda a ampliação da fiscalização e a adesão de protocolos de segurança mais severos para conter as aglomerações, sem prejudicar a renda das famílias, empresários e demais empreendedores de todas as áreas, já prejudicadas com as restrições. Leia mais


Foto: Arquivo/Portal Arauto
Pela alteração, as empresas de transporte público urbano poderão utilizar os ônibus em circulação até 15 anos de fabricação
Pela alteração, as empresas de transporte público urbano poderão utilizar os ônibus em circulação até 15 anos de fabricação