Suspeito de feminicídios pode cumprir mais de 20 anos de prisão


Por: Portal Arauto
Publicado 05/08/2022 15:23
Atualizado 05/08/2022 15:28

Polícia   EM VENÂNCIO AIRES

O suspeito de ser o autor da morte de Elisane Schneider Noll e da mãe da vítima pode ter pena superior a 20 anos de prisão. O inquérito policial, com laudos periciais e imagens, foi concluído nesta quinta-feira (4) e encaminhado ao Poder Judiciário.

De acordo com o delegado Paulo César Schirmann, o homem foi indiciado por um feminicídio consumado, um homicídio tentado - contra o genro de Elisane, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e lesão corporal leve em um policial. Ainda, a morte da mulher de 55 anos teve qualificadoras de motivo torpe e de recurso que dificultou a defesa da vítima.

Além disso, o inquérito da morte da mãe de Elisane foi reaberto após análise de provas. O falecimento da mulher, no ano de 2020, havia sido considerado como acidente doméstico. Entretanto, segundo o delegado, há elementos que comprovam que o caso foi um crime e que Arlei Giovane da Rosa Dornelles estava no local no momento do fato. Assim, o homem também foi indiciado pela morte da ex-sogra.


Foto: Bruna Oliveira/Portal Arauto
Inquérito policial que apura a morte de Elisane Noll foi concluído
Inquérito policial que apura a morte de Elisane Noll foi concluído