Eduardo Leite é confirmado candidato do PSDB ao governo do Estado do RS


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 31/07/2022 15:45
Atualizado 31/07/2022 15:48

Política   ELEIÇÕES

O PSDB gaúcho confirmou, na manhã deste domingo (31), Eduardo Leite como o candidato ao governo do Estado do Rio Grande do Sul pelo partido nas Eleições de 2022. Em uma grande festa no Teatro da Amrigs, mandatários e filiados comemoraram a deliberação da sigla. O anúncio foi feito pelo presidente estadual do partido, Artur Lemos Júnior. 

Ovacionado, Leite chamou ao palco os 62 pré-candidatos a deputado federal e estadual. O candidato tucano ao Piratini pediu que o partido mantenha a mobilização ao longo dos próximos meses.

"Temos cerca de 60 dias pela frente. Precisamos espalhar imediatamente, por todos os cantos do Rio Grande, as conquistas que nosso governo teve e tem. Não é pouca coisa. Temos muito para apresentar aos gaúchos e às gaúchas", discursou.

O ex-governador lembrou as principais realizações do governo, como o reequilíbrio das finanças, os investimentos em infraestrutura, saúde, segurança e educação, além de projetar um novo ciclo de desenvolvimento para o Estado.

"Nossa missão é cuidar das pessoas. Isso só é possível com o caixa equilibrado. O Rio Grande do Sul está vivendo uma nova realidade, com investimentos em todas as áreas e em praticamente todas as cidades do Estado. Vamos levar a mensagem do amor, da esperança, da confiança do futuro. A política do diálogo e da conciliação. Precisamos defender a nossa forma de fazer política. Levem isso às ruas", afirmou o candidato aos correligionários.

Antes de Leite, o governador Ranolfo Vieira Júnior se dirigiu à militância no mesmo tom, ressaltando a importância de defender as conquistas do governo. 

“Não podemos admitir retrocesso no nosso Estado. Para dar seguimento a esse projeto, abri mão da candidatura, porque entendo que o Eduardo tem mais condições políticas pra continuar este projeto. O que interessa é o bem estar dos nossos gaúchos e das nossas gaúchas. É com essa força que nós vamos pra rua! Vai ser uma honra te devolver as chaves do Palácio Piratini, Eduardo!”, conclamou o governador Ranolfo Vieira Júnior. 

Tiveram direito a voto na convenção deputados federais e estaduais, membros do Diretório Estadual e do Diretório Nacional com domicílio eleitoral no Estado e delegados municipais do PSDB. Durante o evento, que teve também a presença do presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, foram homologados também os candidatos a deputado federal e estadual. 

Leite renunciou ao mandato e transmitiu o cargo de governador ao seu vice, Ranolfo Vieira Júnior, em 1° de abril. Em 13 de junho, em coletiva realizada no diretório estadual do PSDB, foi anunciada a sua pré-candidatura ao governo. 

Eduardo Leite 

Eduardo Leite tem 37 anos, é ex-governador e candidato ao governo do Estado do Rio Grande do Sul. Nascido em Pelotas, em 10 de março de 1985, foi o governador mais jovem do Brasil durante seu mandato. Ao longo dos primeiros dois anos de gestão, promoveu uma série de reformas estruturais para conter o déficit das contas públicas do RS. Com uma agenda focada no diálogo e na abertura do Estado para a iniciativa privada, aprovou a privatização de estatais, concessões de rodovias, um novo Código de Meio Ambiente, alterações na previdência e nas carreiras do funcionalismo, além da extinção de diversos benefícios e vantagens temporais dos servidores públicos de todos os escalões e poderes e uma redução gradual de impostos. Com o resultado das reformas realizadas, promoveu, por meio do programa Avançar, investimentos em todas as áreas do Estado, totalizando R$ 6,4 bilhões de recursos. Leite foi prefeito de Pelotas entre 2013 e 2016. Antes, foi secretário municipal, vereador e presidente da Câmara Municipal na mesma cidade. Terminou o mandato de prefeito com 87% de aprovação popular nas pesquisas de opinião. O governador é bacharel em Direito, estudou políticas públicas na Columbia University, em Nova York, EUA, e cursou mestrado em gestão pública na Fundação Getúlio Vargas.


Foto: Divulgação
Anúncio foi feito pelo presidente estadual do partido, Artur Lemos Júnior
Anúncio foi feito pelo presidente estadual do partido, Artur Lemos Júnior