Hospital Santa Cruz é selecionado para o Projeto Lean nas Emergências


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 13/05/2022 14:26
Atualizado 13/05/2022 14:32

Geral   SAÚDE PÚBLICA

Um grupo de profissionais médicos e de enfermagem do Hospital Santa Cruz (HSC) estará participando na próxima semana, em São Paulo, de uma capacitação do Projeto Lean nas Emergências, do Hospital Beneficência Portuguesa. O HSC foi uma das instituições selecionadas pelo Ministério da Saúde, pelo Conselho Nacional de Secretários de Estado de  Saúde (Conass), pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e aprovados nas comissões intergestores bipartites  (CIBs) estaduais para integrar o projeto em 2022/2023.

O Projeto Lean nas Emergências é uma iniciativa do Ministério da Saúde executada de forma colaborativa pelos hospitais A Beneficência Portuguesa de São Paulo (BP), Moinhos de Vento (HMV) e Sírio-Libanês (HSL), por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), com o objetivo de reduzir a superlotação nas urgências e emergências de hospitais públicos e filantrópicos do Brasil. O projeto teve início em agosto de 2017 com o HSL, quando atuou em seis instituições públicas de saúde, no chamado Ciclo 0 do projeto, no qual os hospitais foram treinados e apoiados na implementação de melhorias para garantir eficiência nos processos.

No início de 2022, o Lean nas Emergências encerrou o 5º Ciclo, totalizando 128 instituições públicas e filantrópicas atendidas. O projeto ganhou reforços em 2022 e passa a atuar no modelo colaborativo com a adesão da BP e do HMV. Até o fim de 2023 a meta é atender até 160 hospitais do sistema público de saúde.

As indicações para participação no projeto ocorrem em ciclos, a cada seis meses, e são um consenso entre Ministério da Saúde, Conass, Conasems e aprovados nas CIBs estaduais. Para a sua execução, os hospitais de excelência contam com uma equipe altamente especializada, composta de médicos e especialistas em processos.

Após a seleção dos hospitais tem início a fase de implementação, na qual uma dupla de profissionais realiza visitas presenciais quinzenais aos hospitais participantes para capacitar as equipes, identificar oportunidades e implementar ações de melhoria. Essa fase tem a duração de seis meses, em média, e após o término desse período, o hospital é acompanhado por mais 12 meses para a sustentação dos resultados.

Na próxima semana, profissionais do HSC estarão participando de uma capacitação para o projeto. O grupo é composto pelo diretor médico do Hospital, Leonardo Dorneles de Souza; pela médica coordenadora do pronto atendimento, Barbara Swarowsky Tabach; pela diretora de enfermagem da Instituição, Fernanda Ribeiro Gallisa; e pelos enfermeiros Anderson Barreto de Moraes, Júlia Batista Soares Kulcynski, Michele Beck, Itagira Manfio Somavila e Adalia Ferreira Pinheiro.
 


Foto: Divulgação
O projeto é uma iniciativa do Ministério da Saúde executada de forma colaborativa
O projeto é uma iniciativa do Ministério da Saúde executada de forma colaborativa