Município compra 100 vagas em educação infantil na rede privada


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 08/05/2022 09:00

Geral   EDUCAÇÃO

O Município de Vera Cruz anunciou a  compra de 100 vagas em turno integral nas escolas particulares de Educação Infantil. O convênio de auxílio financeiro, que era de meia mensalidade, passará para o contrato de vaga integral. Com isso, a intenção é resolver duas questões: não trancar a lista de espera para todos terem direito à vaga integral e auxiliar as famílias que enfrentam dificuldades financeiras de pagar meia mensalidade, como era o contrato em vigor para quem optava pela chamada meia-bolsa nas particulares.

“Sabemos que a pandemia trouxe muitos reflexos financeiros às famílias e havia muita procura, entre as 36 famílias contempladas com meia vaga, para migrar para a rede pública. Mas o processo teria que ser desistir do auxílio, se cadastrar novamente na fila de espera para ingressar quando abrisse vaga na EMEI. Em diálogo com a gestão, buscamos saída para resolver a questão”, explica a secretária municipal de Educação, Micheli Rech.

Desta forma, para não aumentar ainda mais a fila de espera nas EMEIs e atender a demanda dessas famílias que queriam optar pela pública, a Prefeitura resolveu rescindir o contrato que estava em vigor, para que todos migrem para o novo, que prevê o auxílio para vaga integral. Na noite desta terça-feira, dia 3,  as famílias das 36 crianças que já recebiam a meia bolsa foram convidadas para reunião, na Câmara de Vereadores, para a explicação da mudança de contrato.

Ainda, como a compra é de 100 vagas, a Prefeitura vai abrir, de imediato, 64 novas vagas, distribuídas nas três escolas credenciadas no edital: Espaço Criança, Pé Pequeno e Pequeno Girassol, inaugurada recentemente. Para essas novas vagas, acrescenta Micheli, serão chamadas ainda nesta semana as crianças que estão inscritas na lista de espera há mais tempo, como em dezembro, e seguindo a ordem dentro do número de vagas que as escolas oferecem nos níveis/idade, de berçário A, berçário B e nível A. “Ainda pode vir a acontecer de chamar mais crianças, caso algumas famílias busquem apenas vaga de meio-turno, o que também acontece por preferência de alguns”, complementa.

Há dois anos e meio se havia zerado a fila de espera, acrescenta a Secretária de Educação, mas a demanda de inscrições é grande e constante. “Estamos com inscrições mensais, na segunda quinta-feira de cada mês, e a média está em 33 crianças a cada vez.

É importante que a família faça a inscrição da criança na Secretaria da Educação logo após o nascimento, se já tem pretensão de acessar a escola de educação infantil. Pois ainda acontece casos em que a família faz a inscrição e na semana seguinte quer a vaga”,reforça. É necessário que o responsável apresente xerox da certidão de nascimento da criança, xerox do cartão SUS da criança e comprovante de residência. Para se inscrever é obrigatório ser residente e domiciliado em Vera Cruz.


Foto Divulgação
Secretária da Educação explanou às famílias como funciona a mudança de contrato
Secretária da Educação explanou às famílias como funciona a mudança de contrato