Barragem em Vera Cruz será construída no Corredor Batataloch


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 07/05/2022 08:00

Geral   DEFINIDO

Mais um importante passo se concretiza para possibilitar a construção de uma barragem em Vera Cruz, que vai garantir o abastecimento de água para as próximas décadas. Isso porque a área para a execução do projeto está definida: o corredor conhecido como Batataloch, na localidade de Dona Josefa, na região norte do município. A melhoria, um dos sonhos do prefeito Gilson Becker e anunciada em janeiro de 2021 no Jornal Arauto, se faz necessária frente a estiagem resgistrada nos últimos anos e o aumento da captação de água do Arroio Andréas, percebendo-se uma significativa evolução anual de novas ligações e economias de água contabilizadas pelo Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae).

Conforme o gestor municipal, nesta semana foi assinado o contrato com a empresa que irá realizar a topografia da área que receberá a intervenção. “Também temos um projeto básico, outra empresa está trabalhando no projeto executivo. Dessa forma, a topografia é complementar ao projeto executivo, são duas coisas que andam em conjunto. Através do levantamento topográfico, estaremos definindo o quantitativo de área utilizada de cada propriedade e, em cima disso, efetivar a negociação com os moradores. Neste momento, estamos, ainda, trabalhando em cima do licenciamento ambiental, sendo que o início das obras depende dos prazos para o licenciamento ambiental”, frisa Becker. 

Além do Batataloch, chegou a ser estudada a viabilidade da melhoria ocorrer em outro ponto, um pouco acima do britador, em Linha Andréas, também na região norte do município. 

FUNCIONAMENTO

A barragem, enfatiza ele, será em formato de lago. A área que vai sediar o investimento fica acima do ponto de captação do Arroio Andréas. Dessa forma, há possibilidade de colocar a contribuição de água ou a água que vem do arroio para dentro do lago, que sairá por gravidade no momento em que precisar utilizar, apenas liberando uma comporta para essa passagem. 

No Batataloch, descreve o prefeito, a projeção é de barramento com 250 metros de extensão, 11 metros de altura na parte mais profunda. Ali, a área de alague fica em 12 hectares e o volume de reservatório em 250 mil metros cúbicos de água. No local, somente o volume do lago, sem a contribuição constante do arroio Andréas na barragem, suportaria uma seca de até 50 dias. O custo estimado para a execução do barramento é de em torno de R$ 300 mil.

“Pensando na garantia do abastecimeto de água para as próximas décadas, a escolha do local para a construção da barragem torna, com certeza, esse objetivo mais perto”, comemora Becker.  


Foto: divulgação
Projeção é de reserva de 250 mil metros cúbicos d’água
Projeção é de reserva de 250 mil metros cúbicos d’água