Dor de garganta, coriza e dor de cabeça são os principais sintomas dos casos positivados em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 06/01/2022 19:30

Covid-19   PANDEMIA

Desde as festas de final de ano se observa os aumento de pessoas que estão positivando para a Covid-19, e muito destes cidadãos já estão vacinados contra a doença, situação que pode ter evitado o aumento de internações em casas de saúde e de óbitos.

A secretária municipal de Saúde, Daniela Dumke, disse que a situação não é exclusiva de Santa Cruz do Sul, pois o cenário se repete em todo país e mundo. “São casos leves e não registramos aumento de internações”. Ela destaca que a maioria são assintomáticos e isso se deve a vacina. “Com certeza isso é um reflexo da vacinação e, a situação está dentro do esperado, pois a vacina não evita que a gente adquira o vírus, porém, a gravidade da doença é bem menor”.

Sobre a grande demanda nos atendimentos na rede de saúde, a secretária pontua que o Município está preparado para atender estes pacientes. “Temos unidades de saúde com horários estendidos e nossos hospitais possuem um preparo muito bom, e não temos uma preocupação em relação a isto”. Conforme ela, a taxa de ocupação dos hospitais está bem baixa. “Esperamos que se mantenha assim”, acrescenta. Sobre os sintomas que os pacientes apresentam, ela elenca que são leves como dor de garganta, coriza, cefaleia e muitos pessoas sem sintoma algum.

A secretária conta que a maioria dos casos de internações e óbitos ocorre devido ao não ciclo vacinal completo ou não ter feito à vacina. “Assim como temos visto, com o Projeto Testar, está muito claro que as pessoas que estão testando positivo, os assintomáticos, têm a vacina, assim, não sentem sintomas graves. Se não tivessem se vacinado, certamente necessitariam de internação”.

Sobre a variante Ômicron, Daniela Dumke disse que nenhum outro caso mais foi registrado em Santa Cruz. “Aqueles que tiveram contato ou vem de uma região com muitos casos ou da África, por exemplo, em alguns casos encaminhamos para realização da tipagem, porém, não posso garantir que não temos mais algum outro caso na cidade”.

O temor de novas restrições mais severas, devido ao aumento de casos, a secretária comenta que a situação está tranquila. “Temos um plano de contingência e não é momento para pânico, e sim, de redobrar os cuidados”.

Projeto testar

Devido a grande procura por atendimento, a Prefeitura Municipal está realizando o Projeto Testar, que tem a finalidade de realizar a testagem de pessoas que estiveram expostas a situações de maior risco de contágio pelo coronavírus. O resultado do teste fica pronto em vinte minutos. Quem deseja o atendimento deve ir ao Espaço Assemp, na Rua Coronel Oscar Jost, 1571, e não mais no Posto Central. O horário de atendimento é das 13h às 18h.

Conforme a Secretaria de Saúde, usuários sintomáticos, devem continuar procurando atendimento nas unidades de saúde e nos plantões 24h.

                


Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
Procura por testes aumentou nos últimos dias
Procura por testes aumentou nos últimos dias

Foto: Luiz Fernando Bertuol/Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Santa Cruz do Sul/ Divulgação
Maioria dos casos de internações e óbitos ocorre devido ao não ciclo vacinal completo
Maioria dos casos de internações e óbitos ocorre devido ao não ciclo vacinal completo