BM e PC apreendem armas e realizam prisões em ação integrada


Por: Portal Arauto
Publicado 04/01/2022 09:18
Atualizado 05/01/2022 15:19

Polícia   AÇÃO POLICIAL

ATUALIZADA EM 05/01

Uma ação integrada entre a Brigada Militar e a Polícia Civil terminou com apreensões e prisões na manhã desta terça-feira (4). A ofensiva foi deflagrada nos municípios de Vale Verde e Charqueadas.Na ação em uma Chácara em Vale Verde foram encontrado armas, aparelhos de radiocomunicação e objetos. Já em Charqueadas foram presos dois indivíduos, apreendido armas e drogas. 

Segundo informações da Brigada Militar, a ofensiva se trata de um desdobramento de uma prisão registrada no dia 6 de dezembro do ano passado, quando a BM de Vale Verde prendeu dois individuos com quatro pistolas. Na ocasião, a Inteligência Polícia do 23° BPM realizou diligências e coletou informações que davam conta da existência de mais armas em propriedades do mesmo indivíduo. As informações foram repassadas a Polícia Civil de Charqueadas, que realizou investigações complementares e solicitou mandados de busca e apreensão, sendo cumpridos nesta manhã.

Participaram da operação policiais militares da Força Tática de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires e Charqueadas, agentes de Inteligência do CRPO VRP, da BM de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires e Charqueadas e Policiais Civis de Charqueadas. Dentre os itens apreendidos estão quatro pistolas calibre 9mm e três carregadores estendidos; uma espingarda cal.12; um revólver 38; um carregador de fuzil cal. 556, capa de colete com emblema da Polícia Civil, celulares, além de maconha, crack e cocaína. Os quatro presos responderão pelos crimes de tráfico de entorpecentes, associação ao tráfico, posse de arma de fogo de uso permitido e receptação.

Contraponto

Em contato com a reportagem do Grupo Arauto, a advogada Kauana Andriéli de Mello, que representa os moradores da chácara em Vale Verde, negou qualquer tipo de envolvimento dos clientes e dos objetos apreendidos com a prática de crimes. "As armas e demais objetos apreendidos na chácara foram restituídos. São pessoas corretas, sem relação com criminalidade. Agriclutores honestos. O que ocorreu foi equívoco em decorrência de um vídeo gravado anteriormente no local onde aparecem outras pessoas", disse.


Materiais apreendidos na ação
Materiais apreendidos na ação

Foto: Divulgação
Quatro foram presos
Quatro foram presos