Venâncio Aires registra mais de 300 solicitações de medidas protetivas em 2021


Por: Portal Arauto
Publicado 03/01/2022 18:11
Atualizado 03/01/2022 18:13

Polícia   VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

De janeiro a novembro de 2021, Venâncio Aires registou 367 solicitações de medidas protetivas, recurso judicial feito para garantir a segurança de mulheres ameaçadas de violência doméstica. Segundo o levantamento feito pela Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) do município, o número equivale a um pedido por dia.

O delegado Vinícius Lourenço de Assunção, titular da DPPA, relata que o crime é recorrente na Capital do Chimarrão. Entretanto, se observa que as mulheres estão procurando ajuda, tendo em vista anos anteriores terem uma demanda represada.

“Eu observo os números como um encorajamento das mulheres, que muitas vezes sofriam caladas por medo, por não confiar nas medidas protetivas. Hoje, elas buscam apoio e põem fim nos relacionamentos. A Lei Maria da Penha tem sido muito efetiva”, diz o  delegado Vinícius Lourenço de Assunção, titular da DPPA.

Outro crime que registrou um número de ocorrências expressivo é o de estelionato, também chamado de golpe. Durante os 11 meses, foram registrados 205 casos. Somente no de extorsão, que contém grave ameaça para obter vantagem indevida, como é o caso do “Golpe dos Nudes”, foram 38 registros. Porém, conforme o delegado, há muitas situações não são levadas ao conhecimento da Polícia em razão do medo imposto às vitimas.


Foto: Pixabay
Município registra mais de um pedido por dia
Município registra mais de um pedido por dia