Mãe que causou o acidente e tentou matar a filha é condenada a 19 anos e quatro meses de prisão


Por: Portal Arauto
Fonte: Grupo Independente
Publicado 18/11/2021 06:45
Atualizado 18/11/2021 06:47

Polícia   JUSTIÇA

A mulher que causou o acidente e tentou matar a filha de 2 anos, ao cortar a frente de um caminhão na BR-386, no dia 17 de maio, foi condenada a 19 anos e quatro meses de prisão em regime fechado, por tentativa de homicídio, com agravante de motivo torpe, no início da noite desta quarta-feira (18). A sentença foi dada pela juíza responsável, Carmen Luiza Rosa Constante, após sete jurados julgarem os fatos. O caso foi julgado no Fórum da Comarca de Lajeado.

De acordo com informações do Grupo Independente, durante as mais de 6 horas de julgamento foram ouvidas quatro testemunhas, o Ministério Público, representado pelo promotor de justiça Diego Prux, e o advogado de defesa José Felipe Lucca, além da ré. Após o julgamento a acusada retornou ao Presídio Madre Pelletier, em Porto Alegre, onde já estava detida. A acusação solicitava a condenação da ré por tentativa de homicídio múltiplo, envolvendo sua filha e os demais envolvidos no acidente. Por outro lado, a defesa buscava a absolvição alegando abuso psicológico por parte de seu ex-companheiro, e pai da criança.

SOBRE O ACIDENTE 

O acidente aconteceu no dia 17 de maio deste ano no km 344 da BR-386, em Lajeado. A condutora do automóvel Fiat Uno estava acompanhada da filha de 2 anos e antes do ocorrido gravou um vídeo que circulou nas redes sociais. Na oportunidade, o vídeo mostra a mulher falando que iria tirar a vida dela e da própria filha. 

A colisão contra uma carreta foi causada de forma proposital, depois de ela descobrir um novo relacionamento do pai da criança. Em seguida, o veículo ainda foi atingido por uma Tucson. A menina, de 2 anos, sofreu lesões leves e não precisou ser internada. Leia mais clicando aqui. 


Foto: Artur Dullius/ Divulgação
Acidente aconteceu em maio deste ano em Lajeado
Acidente aconteceu em maio deste ano em Lajeado