Agentes da Anvisa entram em campo e interrompem partida entre Brasil e Argentina


Por: Portal Arauto
Fonte: Globo Esporte
Publicado 05/09/2021 16:31
Atualizado 05/09/2021 17:11

Esportes   ELIMINATÓRIAS DA COPA

Agentes da Anvisa e da Polícia Federal entraram em campo aos seis minutos do primeiro tempo da partida entre Brasil x Argentina pela Eliminatórias da Copa 2022, para retirar quatro jogadores da Argentina que estariam irregulares por descumprimento de protocolos sanitários. Em seguida, todos jogadores da Argentina saíram e foram para o vestiário na Neo Química Arena. O jogo foi suspenso.

Os atletas que atuam na Inglaterra - goleiro Emiliano Martinez, os meias Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero - foram ameaçados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de deportação e foram para o jogo. A Conmebol e a CBF entraram em contato com Governo Federal para administrar a situação.

Durante a transmissão da partida, Galvão Bueno fez contato com Antonio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa, que explicou ao vivo na TV Globo a situação. "São quatro jogadores. Eles, ao chegarem em território nacional, apresentam a declaração de saúde do viajante. Neste documento não falava que eles passaram por um dos três países que estão restritos, justamente para a contenção da pandemia. Mas depois foi constatado que eles passaram pelo Reino Unido. Foi constatado entre ontem de noite e hoje. Chegamos nesse ponto porque tudo aquilo que a Anvisa orientou, desde o primeiro momento, não foi cumprido. Eles tiveram orientação para permanecer isolados para aguardar a deportação. Mas não foi cumprido. Eles se deslocam até o estádio, entram em campo, há uma sequência de descumprimentos" - disse o dirigente da Anvisa.

O protocolo de Covid-19 teve aceite de todos países que participam das competições da Conmebol - como Libertadores, Sul-Americana e Eliminatórias.

*Com informações do G1 Globo Esporte


Foto: Divulgação/G1
Agentes da Anvisa entram em campo e interrompem partida entre Brasil e Argentina