Mais de 716 cabeças de gado são apreendidas em ação contra maior golpe do agronegócio


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 09/07/2021 20:27
Atualizado 09/07/2021 20:30

Polícia   CRIMINALIDADE

Mais de 716 reses oriundas de negociações fraudulentas foram apreendidas durante a Operação Reculuta, deflagrada nesta sexta-feira (9) pela Polícia Civil em sete cidades do estado. Outros animais bovinos, também envolvidos no crime de estelionato, foram bloqueados.

Já em Formigueiro e Santa Maria foram presos, preventivamente, dois homens – de 41 e 27 anos, respectivamente -, investigados por participação nas fraudes. A dupla já tem antecedentes por estelionato. Segundo investigações, cerca de 100 vítimas foram lesionadas em mais de R$ 30 milhões - esse já é considerado o maior golpe do agronegócio no estado e um dos maiores do país.

A ação teve o apoio da 3ª Delegacia de Polícia Regional do Interior (DPRI) de Santa Maria e Delegacias de Polícia de Caçapava do Sul, Santana da Boa Vista, São Sepé, Júlio de Castilhos, Entre Ijuís, Tupanciretã, São Francisco de Assis e Manoel Viana. Também prestaram apoio os fiscais agropecuários do Departamento de Defesa Agropecuária da Secretaria da Agricultura.

Mais informações com o delegado Antônio Firmino de Freitas Neto, titular da Delegacia de Polícia de Formigueiro, e responsável pela Operação Reculuta. Aliás, o termo “reculuta” significa buscar, recuperar um animal que se perdeu da tropa.


Foto: Divulgação/Polícia Civil
 Operação Reculuta foi deflagrada nesta sexta-feira pela Polícia Civil em sete cidades do Rio Grande do Sul
Operação Reculuta foi deflagrada nesta sexta-feira pela Polícia Civil em sete cidades do Rio Grande do Sul