Gasolina comum chega a R$ 6,19 em postos de Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 06/07/2021 14:59
Atualizado 06/07/2021 15:07

Geral   SEU BOLSO

A Petrobras anunciou um reajuste nos preços dos combustíveis a partir desta terça-feira (6). Com o novo aumento, os preços médios de venda de gasolina e diesel da Petrobras para as distribuidoras passarão a ser de R$ 2,69 e R$ 2,81 por litro, o que significa reajustes médios de R$ 0,16 (6,3%) e R$ 0,10 por litro (3,7%), respectivamente.

Os postos de combustíveis de Santa Cruz já aplicaram o reajuste na gasolina comum e abastecem com novos valores nas bombas. A reportagem do Portal Arauto fez contato com alguns estabelecimentos do município e na maioria a comum custa R$ 6,19. A rede de Postos Shopping Car vende o litro da gasolina comum por R$ 6,19, enquanto a aditivada pode ser encontrada por R$ 6,39. 

No Posto Wenzel, em Linha Santa Cruz, bandeira Charrua, a gasolina comum está R$ 6,19 e a aditivada R$ 6,29. Já no Posto SGM Sucesso, em Linha Nova, bandeira Rodoil, a comum tem um custo de R$ 6,19 e a aditivada de R$ 6,24. Já no Posto Sim, da Avenida Independência, a gasolina comum pode ser encontrada por R$ 6,19. 

No caso da rede de Postos Central, o litro da gasolina comum está R$ 5,99 e a aditivada R$ 6,19, mas existe a possibilidade dos valores ainda sofrerem alteração. 

GÁS DE COZINHA

A Petrobras também anunciou nesta semana que o preço médio de venda de gás liquefeito de petróleo (GLP) para as distribuidoras passará a ser de R$ 3,60 por kg, um aumento médio de R$ 0,20 (5,8%) por kg. O repasse dos reajustes nas refinarias aos consumidores finais nos postos não é garantido, e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro e biodiesel. Esse é o primeiro aumento realizado na gestão do general Joaquim Silva e Luna.

 


Foto: Arquivo / Portal Arauto
Valores começaram a ser reajustes nesta terça-feira após anúncio da Petrobras
Valores começaram a ser reajustes nesta terça-feira após anúncio da Petrobras