CDL Santa Cruz encaminha ofício para prefeita pedindo reconsideração da Bandeira Preta


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 20/02/2021 17:03

Geral   PEDIDO

A CDL Santa Cruz está encaminhando à prefeita Helena Hermany um ofício à qual solicita que a Prefeitura recorra ao Governo do Estado, para que reconsidere o enquadramento da Bandeira Preta para a região do Vale do Rio Pardo. Segundo a entidade, os lojistas serão os principais afetados se a região não retomar para a Bandeira Vermelha no modelo de distanciamento controlado.

Segundo o ofício assinado pelo presidente da CDL Santa Cruz, Ricardo Fernando Bartz, a entidade lamenta que a região do Vale do Rio Pardo tenha chegado ao seu pior estágio de contaminação neste momento importante para a retomada da economia. “Os lojistas, ao logo de 2020, foram muito castigados. Basta lembrar que em março de 2020 o comércio ficou fechado por um período de 30 dias, causando sérios prejuízos e custando o fechamento de empreendimentos e uma série de demissões. Todos tiveram que se reinventar dentro dos seus negócios. Fechamos o ano também amargando perdas conforme pesquisas realizadas nos mais diversos segmentos”, observa. 

O documento também cita que a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz do Sul se coloca à disposição da gestão pública para ser parceira neste momento delicado e salienta que sempre foi parceira do Executivo e atuando de forma pró ativa para auxiliar nas ações que demandassem de seus associados. “O momento, agora, entendemos que é crítico, mas também exige flexibilidade e medidas não apenas restritivas no que tange ao comércio. As medidas devem atingir a população com conscientização e abordagem mais constante de aglomerações à noite e aos finais de semana”, argumenta o ofício.

Por fim, a CDL Santa Cruz solicita que é preciso que o Poder Público defenda a abertura do comércio dentro das exigências de saúde, e ingresse com recurso junto ao Governo.