Festas de fim de ano exigem cuidado redobrado


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 24/12/2020 15:00

Geral   ORIENTAÇÕES

O momento é de redobrar os cuidados para tentar evitar que os casos de coronavírus se multipliquem com as festas e viagens de Natal e Ano Novo. Na semana em que o Rio Grande do Sul registrou mais de 100 óbitos num único dia (divulgado nesta terça-feira, dia 22), e que o Vale do Rio Pardo contabiliza quase mil casos ativos - desde o início da pandemia, 977 estão ativos - em balanço publicado segunda-feira dos 13 municípios de abrangência da 13ª Coordenadoria Regional da Saúde; também coincide com o momento tradicional de reunião familiar por causa das celebrações natalinas, assim como as viagens de férias.

Proteção aos idosos

O médico infectologista Marcelo Carneiro deixou sua mensagem para que as pessoas continuem se cuidando neste período de fim de ano.  A recomendação dele é para que aqueles que sintam qualquer sintoma, que se testem, já que existem muitos locais com exames disponíveis para isso. Desta forma, ao surgir alguma situação e for detectada precocemente, mais chance de evitar o contágio da família. Da mesma forma, ao considerar que a época é de muitas viagens, para quem for pegar a estrada, que não esqueça de usar máscara. E a dica que Carneiro considera essencial a todos, ainda mais por envolver comemorações familiares: que protejam os idosos em casa, grupo de maior risco de ter complicações por Covid-19. 

O secretário de Saúde de Santa Cruz, Giovani Alles, reforça que as orientações continuam as mesmas, que é o uso de máscara, higienização constante das mãos e evitar aglomerações. “E neste momento de festas, que as reuniões familiares sejam com grupos reduzidos de pessoas. É o momento de cada pessoa fazer a sua parte para que o nível de contágio reduza”, salientou. “Que as pessoas se reúnam apenas com as pessoas da mesma residência e com quem convivem diretamente, que usem álcool gel, máscara, não se aglomerem, que ajudem a cuidar de si e dos outros”, orienta a coordenadora da 13ª CRS, Mariluce Reis.


Foto: Carolina Almeida/ Jornal Arauto
Proteção não pode ser esquecida nas festas de Natal
Proteção não pode ser esquecida nas festas de Natal