Escolas estaduais retornam em Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 20/11/2020 17:00

Geral   RETOMADA

Após semanas de apreensão e incerteza sobre a retomada das aulas presenciais,  ocorreu na última terça-feira, dia 17, o reinício  das atividades em escolas estaduais em Vera Cruz.

A primeira escola a retornar com as aulas presenciais  foi a Escola Tenente José Jerônimo Mesquita, do Centro. O educandário, que atende apenas aos anos iniciais (1º ao 5º ano), organizou as turmas para que cada série tivesse dois dias de aula por semana, exceto o 4º ano B e o 5º ano A, que foram divididos em dois grupos cada ano, pelo fato de haver excesso de alunos para o limite da sala. Esses grupos terão aula no turno da manhã e da tarde do mesmo dia. Dos 210 alunos matriculados no Mesquita, 61 assinaram o termo para retornarem.

As aulas ocorrem das 7h30min até 9h30min no turno da manhã e das 13 até 15 horas no turno da tarde. Durante esse período, será realizado um intervalo de 10 minutos para as crianças realizarem o seu lanche e irem ao banheiro. No refeitório, apenas seis alunos por vez podem realizar as suas refeições. Na entrada da escola, as crianças têm as mãos higienizadas com álcool em gel, além da temperatura aferida e anotada em uma planinha para haver um controle do Centro de Operações e Emergência em Saúde do colégio (COE Escola). Em caso de haver algum caso suspeito, a escola preparou uma sala de isolamento, onde o aluno ficara até o seu responsável lhe buscar e encaminhar às autoridades de saúde responsáveis.

ADAPTAÇÃO


Conforme a diretora do  Mesquita, Marcia Angela Mueller Regert, o retorno ocorreu dentro do esperado. “A volta foi bem tranquila. Tanto os alunos como os pais foram bem cuidadosos e respeitaram os protocolos de segurança. Estávamos um pouco apreensivos com o retorno, pois o novo sempre assusta”, afirma. Na escola, nove professores retornaram, sendo que apenas os de Educação Física e Produção Interativa terão que continuar suas aulas de maneira remota.


O professor


Peça fundamental na educação de todos os jovens e crianças, os professores também tiveram que se reinventar. Professora do Mesquita desde 2017, Jenifer Elis de Freitas afirma que a volta está sendo um desafio. Na turma onde antes da pandemia havia 21 alunos, agora apenas quatro estavam presentes. No entanto, a professora se sente feliz em poder auxiliar. “ Fico aliviada em poder acompanhar os alunos  presencialmente, pois, nessa idade, eles precisam de uma atenção especial, porque estão em fase inicial de aprendizagem”, ressalta.

 Em Vera Cruz, todas estaduais já voltaram

Na quarta-feira, dia 18, o Poli de Vera Cruz retornou as atividades presenciais. Pela manhã, das 7h30min às 10h30min, à tarde, das 13h15min às 16h15min e, à noite, das 19 às 22 horas. Estudante do 1º ano do Ensino Médio, Pietra Iser Maas retornou na última quarta-feira. Conforme Pietra, a decisão pela volta ocorreu para tirar algumas dúvidas. “Minha expectativa com essa retomada era para tirar algumas dúvidas sobre assuntos que não ficaram muito claros na aula online”afirma. A retomada também proporcionou reencontros. “Fiquei muito feliz em rever  meus amigos e professores”, afirma a estudante. 

Na Walter Dreyer, o retorno ocorreu na quinta-feira, dia 19. Conforme a direção, dos 98 matriculados, apenas 10 haviam encaminhado o termo para a retomada. Ainda no interior, a Escola Frederico Augusto Hannemann também retornou na quinta, dia 19, com os alunos dos anos iniciais (1º ao 5º ano), que terão aulas duas vezes na semana. Os estudantes dos anos finais (6º ao 9º ano) retornam a partir do dia 24.
A Escola Paraguaçu retornou ontem com as atividades. O educandário  tem alunos do 1º ano ao 9º ano. Dos 242 alunos matriculados na escola, 22 retornaram com o termo assinado pelos responsáveis.

 


Foto: Gabriel Fuelber
Alunos tiveram que passar por aferição de temperatura na entrada da escola
Alunos tiveram que passar por aferição de temperatura na entrada da escola