Instituição é referência em cuidados prolongados


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 13/11/2020 11:00

Geral   HOSPITAL VALE DO SOL

O Hospital Beneficente de Vale do Sol se tornou referência para internação de cuidados prolongados, destinados à Central de Regulação do Estado, com vigência de três meses, em caráter experimental. O contrato que referencia os leitos da casa de saúde foi publicado no Diário Oficial no dia 26 de outubro.

Segundo o diretor, Marco Aurelio Machado, a referência havia sido solicitada pela administração da instituição em abril, e foi contemplada pelo Ministério da Saúde, através de portaria. Além do Hospital de Vale do Sol, outros 24 hospitais no Rio Grande do Sul também foram referenciados.

Machado explica que o hospital está habilitado para receber internações de paciente pós Covid-19, vindos de todo o Estado, que necessitam de tratamento de longa permanência de até 90 dias. A partir de agora, pacientes com coronavírus serão transferidos para os hospitais de Candelária e Rio Pardo. “Tornar-se referência é de suma importância, pois, reflete uma arrecadação maior, em outro patamar”, destaca o diretor.

REFORMAS

Desde março, a instituição vem realizando obras internas de reforma e revitalização de ambientes. Foram reformadas 17 salas, entre as quais um quarto de isolamento com banheiro, TV e ar-condicionado, um quarto para o médico,um banheiro novo masculino na Ala Azul, uma sala para instalação do Serviço de Arquivo Médico e Estatístico (SAME), uma sala para rouparia e depósito de materiais, um Depósito de Material de Limpeza (DML), e 11 quartos de observação, privativos, semi-privativos e cuidados intermediários, consistindo na troca de azulejos e do piso por porcelanato, instalação de luminárias, substituição de torneiras, pias, rede elétrica, campainhas, luminárias e pintura de paredes, portas e janelas.

Marco salienta que as obras maiores foram iniciadas para a área de Raio X, ecografia, vestiários masculinos e femininos, sala de guarda temporária de cadáveres (morgue) abrigo de resíduos, área de desembarque das ambulâncias, e revitalização da recepção do hospital, totalizando 198 metros quadrados de área construída e em construção.


Foto: Divulgação
Hospital fez as adequações e solicitou a referência
Hospital fez as adequações e solicitou a referência