Mapa preliminar tem três regiões classificadas em risco alto


Por: Portal Arauto
Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Publicado 06/11/2020 18:02
Atualizado 06/11/2020 18:05

COVID 19   DISTANCIAMENTO CONTROLADO

Na rodada em que o modelo de Distanciamento Controlado completa seis meses de vigência, o Rio Grande do Sul volta a ter regiões com alto risco epidemiológico e, também, com baixo risco. O 27º mapa preliminar, divulgado nesta sexta-feira (6), traz três regiões em bandeira vermelha (risco alto), 16 regiões em bandeira laranja (risco epidemiológico médio) e duas em bandeira amarela (risco baixo).

As regiões de Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo apresentaram piora nos indicadores e passaram para bandeira vermelha. Nas regiões de Erechim e Bagé, foi percebido o contrário, e ambas ficaram em bandeira amarela neste mapa preliminar.

A macrorregião Missioneira, como um todo, apresentou nesta semana crescimento de 17,86% na ocupação de leitos clínicos por conta do coronavírus, fechando a quinta-feira (5/11) com 99 hospitalizações, o maior patamar dos últimos 30 dias. Em termos de casos confirmados em leitos de UTI, o avanço foi de 5,26%, com 40 pacientes em tratamento intensivo por conta da doença.


Foto: Divulgação
Há, ainda, 16 regiões em bandeira laranja e duas com risco baixo para o contágio de coronavírus
Há, ainda, 16 regiões em bandeira laranja e duas com risco baixo para o contágio de coronavírus