Após bater em carro, pessoa deixa bilhete anônimo com dinheiro e pedido de desculpa em Venâncio Aires


Por: Portal Arauto
Publicado 06/11/2020 19:17
Atualizado 06/11/2020 19:17

Geral   GESTO NOBRE

Um gesto simples, sincero e cheio de honestidade chamou atenção em Venâncio Aires. Após colidir em um veículo que estava estacionado, uma pessoa, embora não tenha se identificado, deixou na caixinha dos Correios um bilhete com pedido de desculpa pelo estrago, além de dinheiro para o conserto. 

A atitude encheu de gratidão o coração da venâncio-airense Letícia Nedwed, da família dela e principalmente do pai, proprietário do carro que foi atingido. Ela conta que no último fim de semana, o pai saiu com o carro e, ao retornar, para casa se deparou com parte da lataria do veículo amassada. Com a família reunida, todos se questionaram como o fato teria acontecido e em qual local: "Meu pai ficou muito sentido, porque ele batalhou muito para conseguir os bens materiais dele, então o carro é o xodó dele. Quebramos a cabeça para tentar entender como foi, quem foi. Até porque ele cuida do carro dele com tanto carinho e então aconteceu isso. Respiramos fundo e imaginamos que não teria o que fazer".

Após se depararem com o fato, Letícia conta que levaram o carro para uma oficina. Contudo, na terça-feira, quando a família se reuniu novamente para tomar chimarrão em frente de casa, a mãe de Letícia resolveu verificar a caixinha dos Correios. Ao abri-la, se deparou com o bilhete onde constava: "Bati no teu carro, desculpa", além da quantia de R$ 300, exatamente o mesmo valor do conserto do carro. "Isso nos chocou, porque nunca esperávamos uma atitude dessa. Foi algo que nos pegou de surpresa e ficamos imensamente felizes e gratos. Nos dias em que estamos vivendo hoje, com tantas pessoas passando por situações difíceis, pensamos que foi um belo ensinamento essa atitude. A pessoa não teve coragem de se identificar, mas procurou reparar o dano, encontrando a forma dela, do jeito dela".

A atitude, segundo Letícia, motiva todos a não perderem a esperança nos seres humanos, além de acreditar que existem pessoas boas e honestas, que se colocam no lugar do outro. "Que bom que a gente tem esses exemplos que nos motivam a acreditar mais e não desanimar frente a tantas adversidades que surgem. Que apesar dos erros, a gente possa assumi-los. Tudo isso fez bem para a pessoa e também para nós, se estendendo também a tantas outras, relata. 

 

 


Foto: Divulgação
Atitude simples, sincera e cheia de honestidade chamou atenção na Capital Nacional do Chimarrão
Atitude simples, sincera e cheia de honestidade chamou atenção na Capital Nacional do Chimarrão