"Estou preparado para mostrar o caminho e levar Rio Pardo para frente", diz Edivilson Brum


Por: Portal Arauto
Publicado 09/10/2020 08:20
Atualizado 09/10/2020 08:24

Política   ELEIÇÕES 2020

O Portal Arauto começa nesta sexta-feira (9) a série de entrevistas com os candidatos a Prefeitura de Rio Pardo. O primeiro a ser ouvido é Edivilson Meurer Brum, de 51 anos. Ele encabeça a chapa Rio Pardo pra frente na coligação MDB/PL/PDT. Brum tem formação em Gestão Pública pela UCS e Ciências Políticas pela Ulbra. Começou a trajetória política como vereador no período de (1993/1996). Foi vice-prefeito de 1997 a 2000 e Prefeito de Rio Pardo entre 2001 e 2005. Ainda acumula passagens pela presidência da Sulgás, Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), Ministério da Agricultura, e Cia. Riograndense de Mineração.

Por que decidi colocar meu nome para concorrer à Prefeitura de Rio Pardo? 

Decidi por vários motivos, apelo de amigos, da família, companheiros, lideranças sociais e comunitárias, mas de sobremaneira por amor à minha terra, que foi saqueada por pessoas do mal e enlamearam o nome da nossa bicentenária cidade. 

O desafio de recolocar nossa Rio Pardo nos trilhos e devolver a autoestima da nossa gente foi outro fator fundamental para minha decisão. Tenho fé de que isso é possível e a reconstrução se dará com o apoio da nossa comunidade. 

A experiência acumulada na Presidência de duas importantes estatais da área de energia-Sulgás e CRM-,o trabalho realizado junto ao Gabinete do Ministério da Agricultura em Brasília e ainda a passagem pelas estratégicas funções da Famurs, devem estar à serviço da comunidade Rio-pardense. 

Estou preparado para mostrar o caminho e levar Rio Pardo para frente. 

O que Rio Pardo mais precisa hoje? 

De gente séria, honesta, de pulso firme, transparente, com credibilidade, comprometida com as boas práticas de gestão pública e que conheça o caminho para voltarmos a gerar emprego e renda. Precisamos com urgência reestruturar o nosso Hospital Regional, para devolver às pessoas uma eficiente política pública, tão reclamada pela sociedade em vários segmentos econômicos. 

Reorganização na saúde e oferta de emprego. Quero melhorar a qualidade de vida de nossa gente e também que os jovens possam ter oportunidades na nossa cidade, sem precisar serem obrigados a sair do município para conseguir um trabalho ou abrir seu próprio negócio. 

O que pretende fazer pelo desenvolvimento do município em áreas como economia, educação e saúde? 

Como mencionei nas questões anteriores, eu junto com meu vice-prefeito Rogério Monteiro, através de nossa assessoria técnica e especialmente com as sugestões colhidas junto à comunidade, desenvolvemos um plano para colocar Rio Pardo nos trilhos pois a corrupção, frustração das safras e ainda a Pandemia, prejudicaram vários setores. O município precisa passar por uma reforma administrativa, que privilegie a gestão eficiente e a modernização dos sistemas gerenciais. A economia deve ser fomentada pelo viés da vocação laboral do município para o setor primário (Agronegócio), turismo cultural, religioso e de eventos e do empreendedorismo.Desterealinhamento virá a industrialização de produtos primários, fomento à agroindústria e a profissionalização dos serviços. Também teremos uma atenção ao turismo e a cultura relativa à história e seu patrimônio cultural e na busca incessante de empresas para aqui se instalarem. 

Este processo embrionário de desenvolvimento está diretamente ligado à ampliação da rede escolar municipal, à modernização de equipamentos de apoio, assistência básica de saúde e inclusão dos alunos da esfera municipal no mundo virtual. Valorizar os operadores da rede municipal de ensino, qualificando e dignificando sua atuação, completa o elo na educação. 

Na área da saúde e assistência social precisamos reorganizar a sucateada rede de apoio aos necessitados e vulneráveis, através dos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), capilarizando sua presença nas microrregiões para alinhar as demandas ao CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), precisamos atuar preventivamente na saúde das famílias desassistidas e restaurar a relação município/Estado no Hospital Regional, para atender a demanda local e da região, com qualidade, eficiência e lisura nos atos e processos, marca registrada das gestões do MDB. 


Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa
"Estou preparado para mostrar o caminho e levar Rio Pardo para frente", diz Edivilson Brum