Quando o civismo é sinônimo de cidadania


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 07/09/2020 07:00

Geral   PATRIOTISMO

A estudante vera-cruzense Mariana Schneider tem 17 anos, mas já tratou de fazer o título eleitoral no ano passado, ainda que esteja na faixa etária em que não há obrigatoriedade de votar. Mas ela faz questão. E justifica: “o maior objetivo com o título é trazer cada vez mais a voz dos jovens para a política municipal, principalmente”.

E foi desta forma que ela percebeu, ao fazer o título, que passou a ser mais atenta no que acontece na política. “O que antes eu não observava era o histórico do político, todos os benefícios que trouxe para nós e o que também não fez, mas havia prometido. Com um mundo muito mais tecnológico, o acesso à informação ajuda a sabermos escolher o que nos beneficia e quem  está mais próximo do que acreditamos”, destaca a jovem, que fará sua estreia na urna, em novembro, ajudando a escolher os governantes de Vera Cruz. 

Quem também exerce um papel importante nas eleições é o mesário, que trabalha pelo bom andamento do processo de votação. Apesar de haver convocação da Justiça Eleitoral a cada pleito, há quem se voluntarie para esta função. Méri Blank, vice-diretora de uma escola da rede municipal de Vera Cruz, é exemplo disso. Há dois anos, nas eleições gerais, ela se disponibilizou para o serviço, e agora se prepara para repetir a dose. 

Méri gostou tanto da primeira vez que diz ter se sentido importante. Não é para menos, de cara, foi presidente de mesa. “Penso que o trabalho do mesário é uma contribuição para a democracia. Certo que as folgas contribuíram muito para que eu colocasse o nome à disposição, mas saber que tu está em um lugar exercendo a cidadania, organizando para que tudo ocorra da melhor maneira possível para que todos consigam votar, sem corrupção, é muito gratificante. Somos nós que recebemos o eleitor e garantimos o seu sigilo de voto”, reflete ela, que pretende seguir nos próximos pleitos como voluntária, firme e forte, como ela mesmo diz.


Foto: Carolina Almeida/ Jornal Arauto
Méri se voluntariou, pela segunda vez, para ser mesária. Mariana, mesmo sem a obrigação, faz questão de votar
Méri se voluntariou, pela segunda vez, para ser mesária. Mariana, mesmo sem a obrigação, faz questão de votar