Região de Santa Cruz passa a bandeira vermelha


Por: Portal Arauto
Publicado 10/07/2020 18:04
Atualizado 10/07/2020 18:37

Geral   DISTANCIAMENTO CONTROLADO

O cenário de disseminação do coronavírus e da ocupação de leitos cresceu no Estado em relação à última semana. Na décima rodada preliminar do Distanciamento Controlado, o Rio Grande do Sul tem 15 regiões com risco alto, ou seja, estão na bandeira vermelha. Entre elas está Santa Cruz do Sul, que abrange os municípios de Candelária, Gramado Xavier, Herveiras, Mato Leitão, Pantano Grande, Passo do Sobrado, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Vale do Sol, Vale Verde, Venâncio Aires e Vera Cruz.

As regiões representam 84,2% da população gaúcha. Na rodada definitiva do mapa anterior, eram seis regiões em vermelho, equivalente a 52,9% da população. As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (13).

A análise preliminar dos índices de propagação do vírus e de ocupação dos leitos trouxe, novamente, as regiões de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa, Palmeiras das Missões e Pelotas, em bandeira vermelha. Essas áreas já haviam sido classificadas como alto risco na rodada anterior.

Além de Santa Cruz, as regiões de Taquara, Santo Ângelo, Cruz Alta, Santa Rosa, Erechim, Passo Fundo, Caxias do Sul e Cachoeira do Sul evoluíram de bandeira laranja para vermelha nesta rodada.

Santa Maria, Ijuí, Uruguaiana, Bagé e Lajeado são as cinco regiões que permaneceram na bandeira laranja. Nenhuma região do Estado foi classificada com bandeira preta ou amarela. Nesta rodada, inclusive, nenhuma região apresentou melhora nos índices.

Na segunda-feira (13), o Gabinete de Crise analisará os dados enviados e rodará o mapa novamente e, à tarde, divulgará as bandeiras definitivas, que serão vigentes de 14 a 20 de julho.


Foto: Divulgação