Arauto Saúde: a importância de manter o tratamento de câncer durante a pandemia


Publicado 30/05/2020 08:00
Geral Arauto Saúde   FIQUE ATENTO Fonte: Grupo Arauto

Em tempos de coronavírus, em que o alerta sobre os perigos de contágio são constantes, portadores de outras doenças podem estar receosos em seguir seus tratamentos. Entre eles estão os pacientes com câncer que, conforme o médico oncologista Marcelo Luis Dotto, convidado do Arauto Saúde desta semana, precisam continuar se cuidando.  

Mesmo que o momento exija atenção redobrada, a recomendação do profissional é que não se interrompam os tratamentos oncológicos, “pois interromper o tratamento para câncer possivelmente causará mais consequências nefastas à saúde do paciente do que  se ele frequentar a clínica oncológica, desde que respeitados os protocolos de cuidados, é claro”, explica.  Da mesma forma, em caso de cirurgia agendada, se o hospital estiver superlotado em razão do coronavírus, ele alerta que o paciente deve conversar com o médico e encontrar aleternativas. “Existe a possibilidade, por exemplo, de usar medicamentos que possam controlar a doença, enquanto se aguarda a cirurgia”, lembra ele. 

Dotto também cita que hoje há novos tratamentos para o câncer além dos tradicionais, como cirurgia, radioterapia e quimioterapia. Segundo ele, entre as alternativas revolucinárias há uma nova modalidade terapêutica, conhecida como imunoterapia. “Através dela, o organismo é estimulado a produzir uma defesa desacerbada e especificamente contra o câncer”, esclarece. Bem como, lembra que existem as terapias alvo para o tratamento do câncer, que se configuram em medicamentos inteligentes que conseguem destruir apenas as células cancerígenas, sem afetar as células normais. 

Sobre o tratamento, ainda, ele afirma que a pressa em inicía-lo, sem a certeza do que será mais eficaz para cada paciente, pode ser um dificultador. “É importante começar o tratamento correto, pois se o paciente começar a se tratar de forma errada agora, depois se torna mais difícil obter o efeito esperado sobre o câncer”, explica. Dessa forma, para descobrir a melhor maneira de se tratar, o médico destaca a importância de investir em exames, no conhecimento e nas particularidades da doença, focando nos pontos fracos do câncer, aumentando, assim, as chances de atacar a doença da forma correta e destruí-la. 

(Foto: divulgação)







Corona - Aqui não passa!