FOTOS: Bombeiros realizam simulação de desastre em prédio da Unisc


Publicado em 14/08/2019 14:31 Atualizado em 14/08/2019 19:14 Geral   TREINAMENTO Fonte: Portal Arauto

Ao som de sirenes e gritos, cerca de 70 pessoas participaram de uma atividade de simulação do colapso de um prédio com queda de parede e resgate de vítimas, na tarde desta quarta-feira (14), em uma construção em frente ao centro de convivência da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

O treinamento foi organizado pelo Corpo de Bombeiros do município, em parceria com o 7º Batalhão de Infantaria Blindado de Santa Cruz (7ºBIB) Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Brigada Militar, Susepe, Defesa Civil Estadual e Municipal, Guarda Municipal, Fiscalização de Trânsito, além de equipe médica, para que dê a ideia de um acontecimento real. 

Durante a simulação, 34 militares do Exército atuaram como vítimas, e foram resgatados por 36 bombeiros militares que inclusive trabalharam com dois cães farejadores. No resgate, as pessoas foram colocadas em lonas, considerando o grau de risco. Na lona verde, o grau de risco é baixo, lona amarela, grau intermediário, lona vermelha, alto grau de risco e a lona preta, os óbitos. Os bombeiros estão utilizando cães farejadores para auxiliar no resgate.

As vítimas estão sendo levadas para o Hospital Santa Cruz, UPA e Hospitalzinho. Ao todo, a simulação contou com 34 vítimas. Dessas, 19 eram de menor complexidade, sete de média complexidade, cinco em estado grave e três óbitos.

De acordo com o 1º tenente e comandante do 1º pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Cruz, Evandro Leal, o intuito da atividade, é realizar um treinamento para que a cidade esteja preparada caso ocorra uma situação semelhante.

Segundo o capitão Mateus Scremin, comandante da 1ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Cruz do Sul, o objetivo da simulação era verificar a capacidade de resposta dos profissionais em ocorrências com múltiplas vítimas, verificar o entrosamento dos órgãos de segurança, avaliar o tempo de resposta, aprimorar os trabalhos exercidos, além de estabelecer uma aproximação com a comunidade. A simulação também foi feita, porque uma das exigências da União é a realização de simulados periódicos.

VEÍCULOS E PROFISSIONAIS MOBILIZADOS

- 36 bombeiros militares fizeram o resgate;

- 34 militares do exército foram as vítimas;

- Susepe: uma viatura com três servidores;

- Guarda Municipal: uma viatura e dois profissionais;

- Samu: duas ambulâncias e uma motoambulância, oito servidores;

- Fiscalização de Trânsito: duas viaturas e cinco pessoas

- Brigada Militar: uma viatura e quatro militares











Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br DB