Homem confessa atropelamento de pai e filho em Santa Cruz


Publicado em 16/05/2018 12:40 Atualizado em 16/05/2018 13:43 Polícia   NO LOTEAMENTO VILA NOVA Fonte: Portal Arauto

Acompanhado de um advogado, o autor do atropelamento que feriu pai e filho em Santa Cruz do Sul no sábado (12) se apresentou na Delegacia de Polícia nesta terça-feira (15). Segundo o titular da 2ª Delegacia de Polícia Civil, delegado Alessander Zucuni, o homem alegou não ter conseguido desviar das vítimas e, por ter se assustado, fugiu, com medo da reação dos familiares.

De acordo com Zucuni, o indivíduo foi ouvido ainda ontem. O próximo passo é continuar escutando as outras testemunhas do crime. "Ele conta uma história, mas há várias pessoas que narram outra", diz. Após essa fase, o caso será encaminhado ao Judiciário. O delegado explica que o homem deve responder por lesão corporal, com agravante por ter negado ajuda.

Jesse Gehrke, de 28 anos, caminhava com o pai quando os dois foram atingidos pelo carro. O jovem teve traumas no crânio e ficou em coma induzido no Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) em Cachoeira do Sul, onde se recupera. A sedação foi retirada ontem, às 14h, mas os familiares relatam que ele ainda não acordou. O estado de saúde é considerado gravíssimo.

Vítima de atropelamento está em coma induzido em Cachoeira do Sul

Motorista foge após atropelar pai e filho em Santa Cruz





Copyright © 2016 Portal Arauto - www.portalarauto.com.br