compartilhe >>

Parceria entre Unisc e Prefeitura de Santa Cruz atua na área de educação especial


Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 02/04/2024 07:15

Geral   DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO

Nesta terça-feira (2), é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) tem o Projeto Escola Inclusiva, que auxilia estudantes que tenham o transtorno, assim como outros alunos com alguma deficiência e que necessitam de apoio pedagógico.

LEIA TAMBÉM: Projeto Samuzinho leva noções básicas de primeiros socorros a estudantes

Somente em 2023, o Projeto, que é uma parceria com a Prefeitura de Santa Cruz do Sul, atendeu 74 crianças, de 18 escolas, com o auxílio de 64 estagiários de todos os cursos de Licenciatura e Psicologia da Unisc. As necessidades das escolas são encaminhadas via Prefeitura e a Unisc faz a seleção dos estagiários que irão trabalhar nas escolas. 

A proposta analisa práticas educativas que vêm sendo desenvolvidas cotidianamente na escola e as relações estabelecidas no cenário da educação inclusiva e a potencialidade da criação de outros modos de pensar a partir desta proposição. Ainda, oportuniza formação em serviço para professores e demais profissionais que atuam nas Escolas Municipais envolvidas no Projeto; entre outras atividades. 

Na Unisc, a proposta é coordenada pelas professoras Carla Lavínia Pacheco da Rosa e Cleidi Lovatto Pires. Um dos estudantes que atua na iniciativa é o graduando em Psicologia, Lucas Vidal Ramos, de 25 anos. Há dois anos participando, ele conta que tudo começou com uma conversa em sala de aula com a professora Teresinha Eduardes Klafke. “Ela conhecia bem o início do projeto, que no ano de 2022 ainda era embrionário. Gostei do que foi dito e achei uma excelente ideia para conhecer um novo mundo dentro da minha profissão e para adquirir novas experiências”, fala.

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Além de auxiliar no ambiente escolar, recreio e em outros momentos, Lucas é monitor de um menino do 4ª ano do Ensino Fundamental que tem laudo de QI baixo e Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). “O projeto  mudou minha vida e a perspectiva de trabalho também. Não conhecia a área escolar/infantil, e depois do projeto eu sei que é onde quero trabalhar, onde quero permanecer. É muito gratificante ajudar e fazer parte da formação dessas crianças. Sou eternamente grato a oportunidade que ganhei das professoras Cleidi e Carla.

 


Foto: Divulgação
Parceria entre Unisc e Prefeitura de Santa Cruz atua na área de educação especial