compartilhe >>

Tente de novo


Publicado 26/03/2024 08:33
Atualizado 26/03/2024 08:34

Mensagem do Dia

Disponível também em:


Imagine que você é um pescador muito experiente e passou a noite toda em alto mar, tentando pescar alguma coisa, mas chega o amanhecer e suas redes estão vazias. Ao chegar na areia, um carpinteiro te vê, pede para subir no teu barco e te diz para jogar as redes novamente. Você pode pensar: "mas eu já fiz isso a noite toda e não peguei nada. Como um carpinteiro acha que pode saber mais que um pescador experiente como eu?".
Conseguiu imaginar a cena? Você iria tentar de novo ou desistir? Este fato aconteceu há mais de 2 mil anos e a sua narrativa está no Evangelho de São Lucas. O pescador é Pedro e o carpinteiro...bem, você sabe quem é! 
Jesus viu a frustração do apóstolo que, cansado, consertava as redes vazias. Teve compaixão do seu empenho em buscar o sustento uma noite inteira sem conseguir, enfrentando os perigos em alto mar. Para um pescador, o sucesso não é apenas uma questão de orgulho profissional; é a sua subsistência. A incapacidade de pescar significa não apenas um golpe na autoestima, mas também a ansiedade sobre como prover para si mesmo, sua família e sua comunidade. A frustração de Pedro seria agravada pela responsabilidade e pela pressão de cumprir com suas obrigações. É um golpe duro na esperança e na confiança. 
Pedro, provavelmente, questionava suas habilidades, sua sorte e até mesmo o propósito de sua profissão. A mente humana, cansada e estressada, pode viajar por caminhos obscuros de dúvida e incerteza, tornando a frustração não apenas um sentimento, mas um estilo de vida que consome de dentro para fora.
Quando Jesus pede para ele lançar as redes mais uma vez, essa solicitação desafia não apenas a lógica prática de um pescador experiente, mas também a sua fé. A decepção de ter falhado em algo em que ele era profissionalmente competente agora se misturava com a hesitação de confiar na ordem de Jesus ou não.
"Por causa da tua palavra, lançarei as redes", respondeu Pedro. Essa decisão não foi apenas um ato de obediência, mas um ato de fé, um reconhecimento de que, às vezes, a realização dos nossos sonhos e esperanças está além das nossas capacidades e compreensão. O resultado dessa ação de fé foi uma pesca tão abundante que as redes começaram a se romper e foi necessário chamar mais barcos para ajudar. O resultado foi muito maior do que Pedro poderia ter obtido sozinho à noite. 
Um detalhe não pode ser ignorado: antes de jogar as redes de novo, Pedro teve que consertá-las. Isso significa que, às vezes, precisamos fazer um trabalho interno antes de tentarmos de novo. Se você está carregando desânimo ou mágoas de tentativas passadas, talvez seja hora de 'consertar suas redes', de restaurar as forças do seu coração. 
O ponto aqui é: não importa quantas vezes você falhou antes. Com Deus, sempre há uma nova oportunidade. Ele conhece o tempo certo para tudo, e a nossa parte é estar pronto e disposto a obedecer, mesmo quando não faz sentido para nós. A fé em Deus é o que nos dá a força para jogar as redes mais uma vez, acreditar que, apesar dos fracassos anteriores, desta vez vai ser diferente.


Tente de novo