compartilhe >>

Vale Verde negocia compra de área para criação do Santuário Nossa Senhora Aparecida


Fonte: Prefeitura de Vale Verde
Publicado 12/02/2024 06:00
Atualizado 12/02/2024 06:26

Geral   REGIONAL

O prefeito Carlos Gustavo Schuch esteve reunido, nesta semana, com a proprietária de uma área de terra no Cerro do Chileno, Irene Pasinato. A intenção do prefeito é adquirir mais uma porção de terra ao lado da Gruta Nossa Senhora Aparecida, para então, formalizar a criação do Santuário Nossa Senhora Aparecida.

LEIA TAMBÉM: Concurso da Prefeitura de Vale Verde recebe inscrições a partir desta segunda-feira

Conforme explicou o chefe do Executivo, há previsão de investimentos na santinha, como é popularmente conhecida, no que se refere à construção de um pavilhão, para abrigar os fieis bem como viabilizar um local adequado para realização de eventos religiosos e a construção da imagem da santa em tamanho real.

A Gruta Nossa Senhora Aparecida é um local de peregrinação há muitos anos, desde quando foi instalada uma imagem de Nossa Senhora em uma pedra, após promessa da família que morava no local. Conforme Irene Pasinato a instalação da imagem se deu por conta de uma promessa feita por ela e pelo marido Ary Pasinato (em memória), após o filho do casal, Wagner, com 2 aninhos na época, ter caído do cavalo e ter sido pisoteado por outros cavalos, que já se encontravam encilhados para a lida no campo.

“Eu e o Ary entramos em desespero, e enquanto levávamos nosso filho ao  hospital em General Câmara, desacordado, fizemos uma promessa, se Wagner sobrevivesse, o levaríamos para Aparecida em São Paulo para pagar a promessa feita. Em General Câmara não havia médico no momento, e tivemos que ir para São Jerônimo, o que só aumentava nossa preocupação. Assim que foram feitos os exames, recebemos a boa notícia de que ele estava bem e ficou apenas com a marca da ferradura do cavalo nas costelas, sem mais lesões preocupantes”, contou Irene.

Um ano depois, já com 3 anos,  levaram o menino para Aparecida para pagar a promessa. Lá compraram uma imagem de Nossa Senhora Aparecida e alguns anos depois, compraram uma área de terra, onde está a santinha hoje.

“Ao andar pela nova propriedade, na década de 80, Ary avistou uma linda e enorme pedra e disse, vou cavar essa pedra e colocar aqui a imagem de Nossa Senhora, que trouxemos de Aparecida, e vou transformá-la em uma gruta. Assim, poderemos vir para rezar e fazer nossos agradecimentos”, lembrou Irene.

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Por volta de 1987, os moradores da localidade e vizinhos pediram permissão para usarem a gruta para realização de novenas e encontros familiares. Além de permitirem, o casal os incentivou, e ficaram felizes em perceber que este lugar se tornaria no aconchego de muitas pessoas.

Desde lá o movimento só aumentou a cada ano, com cada vez mais fieis pagando e fazendo promessas. Lamentavelmente Wagner Pasinato faleceu em 12 de junho de 2009, vítima de uma tentativa de assalto na região metropolitana de Porto Alegre. Ary, faleceu em 12 de março, nove meses depois, vítima de câncer.


Foto: Divulgação
Família Pasinato em frente à santinha no Cerro do Chileno
Família Pasinato em frente à santinha no Cerro do Chileno