compartilhe >>

Sobre sapatos e tamanhos


Publicado 09/02/2024 08:51
Atualizado 09/02/2024 08:54

Mensagem do Dia

Disponível também em:


Uma vez eu comprei um sapato. Número 36, eu calço 37. A vendedora disse que iria ceder e que aquele era o último par da coleção. Eu amei tanto o sapato que me agarrei na esperança "ele vai ceder e vai servir". Comprei o sapato (que foi bem caro). Procurei modos de fazer ele ceder talco, retirar a palmilha, até lenço umedecido foi uma opção. 
O sapato não cedeu. E, sempre que eu usava, ele me machucava. Por gostar tanto dele e por pensar no valor investido eu não desistia do sapato. Depois de muitos apertos e um pé machucado eu decidi deixar o sapato. Doei e serviu perfeitamente em alguém.
Até que um dia eu passei na frente de outra loja e encontrei o mesmo modelo, mas no tamanho certo. Serviu perfeitamente e não me incomodou mais. E é aí que a gente entende: o problema não estava no sapato, muito menos no meu pé.
O problema estava na insistência de querer o que, nitidamente, não era para mim. Quando a gente força uma realidade alguém sempre sai machucado.
Essa conversa não é apenas sobre sapatos...


Sobre sapatos e tamanhos