compartilhe >>

Outro Lado do Taquari: informar e dar voz àqueles que foram atingidos pela segunda maior enchente do Rio Taquari


Fonte: Grupo Arauto
Publicado 03/12/2023 06:00
Atualizado 03/12/2023 06:17

Geral   CONCURSO MULTIPLATAFORMA GRUPO ARAUTO E UNISC

Este material faz parte do Concurso Multiplataforma Grupo Arauto e Unisc e foi produzido por estudantes de Comunicação Social da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

Por Júlia Brandenburg, Juliene Pereira, Manuelle Dorfey Muller e Letícia Rodenbusch

O projeto O Outro Lado do Taquari, foi pensado, esquematizado e posto em prática com um intuito principal: informar e dar voz àqueles que foram atingidos pela segunda maior enchente do  Rio Taquari.

Com o cenário de destruição das cidades de Roca Sales e Muçum, foi possível relatar de forma detalhada a força que as águas atingiram os municípios no mês de setembro e as marcas que foram deixadas. Ademais, os relatos advindos de moradores expressaram a dor daqueles que perderam não apenas bens materiais, mas sim, vidas, que agora tentam se reconstruir.

Desta forma, ao longo de toda a reportagem buscamos conversar com pessoas distintas, desde residentes das localidades até o prefeito de Muçum, Matheus Trojan, tendo como foco escutar várias camadas da sociedade, bem como todas as visões sobre os movimentos das administrações municipais, pré, durante e pós enchente.

Queremos que o O Outro Lado do Taquari toque os espectadores, na qual os mesmos busquem repensar suas atitudes como seres humanos, para que tais desastres ambientais não se tornem frequentes no mundo e que vidas não continuem sendo perdidas para tais eventos. 

Confira o documentário:

Clique aqui e confira o Intagram e o TikTok criados pelo grupo de trabalho para fomentar a divulgação do projeto.


Foto: Grupo Arauto
Com o cenário de destruição das cidades de Roca Sales e Muçum, foi possível relatar de forma detalhada a força que as águas atingiram os municípios no mês de setembro e as marcas que foram deixadas
Com o cenário de destruição das cidades de Roca Sales e Muçum, foi possível relatar de forma detalhada a força que as águas atingiram os municípios no mês de setembro e as marcas que foram deixadas