compartilhe >>

Comitê em Santa Cruz reforça pedido pela paz na Palestina


Publicado 08/11/2023 19:20

Geral   MOBILIZAÇÃO

O Comitê pela Paz na Palestina, contra o Apartheid e o Genocídio, instalado recentemente em Santa Cruz do Sul, reforçou seu pedido pela paz no Oriente Médio. Embora o evento estivesse originalmente agendado para ocorrer no início da noite desta quarta-feira (8), devido à previsão de chuva, foi transferido para a manhã de sábado. A mudança de data não impediu que um grupo se reunisse na Praça Getúlio Vargas. Com cartazes e fotos, eles buscaram chamar a atenção da comunidade para a situação.

LEIA TAMBÉM: “Para os palestinos a 2ª Guerra não terminou”, afirma santa-cruzense filho de imigrantes árabes

Um dos organizadores do evento, Mohamad Mustafa Ali, um empresário santa-cruzense com raízes palestinas, enfatizou a importância do grupo na conscientização da população. Ele destacou que o Comitê pela Paz na Palestina é um movimento popular e aberto a todos que desejam se envolver na causa. “A gente recebe muitas informações. Elas se misturam e não ficam claras, não tem o esclarecimento. Muitas vezes, não se vê o outro lado da moeda. A gente quer apresentar para a sociedade a visão do palestino. Eu tenho irmãs, tios. Queremos mostrar o quanto a mídia, às vezes, deturpa a imagem”, disse.

VEJA: Professor da Unisc detalha conflito palestino-israelense e possíveis impactos na região

No fim de semana - O evento agendado para o próximo sábado, das 10h às 12h, também na Praça Getúlio Vargas, é uma oportunidade de aprender mais sobre a situação na Palestina e participar de discussões abertas. Os organizadores convidam a comunidade a se juntar a eles, tirar dúvidas e trocar ideias sobre o tema.


Foto: Eduardo Wachholtz/Portal Arauto
Comitê em Santa Cruz reforça pedido pela paz na Palestina