Polícia Civil desencadeia maior operação de combate à lavagem de dinheiro do Vale do Taquari


Por: Portal Arauto
Fonte: Grupo Independente
Publicado 05/08/2022 08:07
Atualizado 05/08/2022 08:08

Polícia   CRIME

A Polícia Civil desencadeou na manhã desta sexta-feira (5), a Operação Crime S.A, considerada a maior operação de combate à lavagem de dinheiro, associação ao crime e organização criminosa na cidade de Lajeado.

A operação coordenada pelo Núcleo de Lavagem de Dinheiro, com apoio do Gabinete de Inteligência e Assuntos Estratégicos (GIE) e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), teve a participação de 110 agentes e delegados e 10 agentes da Brigada Militar.

O procedimento cumpriu 68 ordens judiciais, sendo 27 mandados de busca e apreensão e 29 bloqueios de contas bancárias ligadas aos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo. Foram realizados cinco sequestros de veículos e sete de imóveis. As buscas foram realizadas em Lajeado, Estrela, Santa Clara do Sul e Imigrante.

Os bens, móveis e imóveis, que estão sendo sequestrados somam o valor conjunto de mais de R$ 2,5 milhões relativos a um grupo criminoso que movimentou mais de R$ 4 milhões nos últimos 3 anos. Até o momento, a deflagração da operação conta com um indivíduo preso em flagrante por lavagem de dinheiro. Ele ocultava bens de luxo com valores acima de R$ 1 milhão.

A operação apreendeu quatro veículos. Uma BMW, um VW Up, um GM Onix e um Jeep Renegade. A movimentação começou na madrugada e o ponto de partida e chegada da polícia foi o Ginásio da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Lajeado, para onde foi levado todo o material apreendido.


Foto: Grupo Independente
Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro municípios
Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro municípios