Cesta básica fica mais cara em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 02/08/2022 14:39
Atualizado 02/08/2022 14:40

Geral   ECONOMIA

A variação do custo da Cesta Básica Nacional em Santa Cruz do Sul foi de 0,935 no período de 1º de julho a 2 de agosto de 2022, passando de R$ 590,22 para R$ 595,74, uma elevação de R$ 5,52, continuando abaixo de R$ 600. Dos 13 produtos pesquisados, cinco apresentaram redução e oito produtos apresentaram elevação de preço.

As contribuições para esta elevação do custo da Cesta Básica Nacional foram da carne bovina (contribuição de 2,320%), do leite tipo C (contribuição de 0,465%) e do tomate (contribuição de 0,442%). Contribuíram para frear esta elevação o pão francês (contribuição de – 1,106%), a batata inglesa (contribuição de – 0,750%) e o feijão preto (contribuição de – 0,250%). Com esta elevação dos preços, a cesta básica apresenta elevação de 9,973% em 2022 e 12,323% nos últimos 12 meses.

Com este custo da Cesta Nacional, um trabalhador de Santa Cruz do Sul que recebeu no início deste mês um Salário Mínimo, precisa trabalhar 108,139 horas para adquirir o conjunto de 13 produtos, ou 1 horas a mais que o necessário no mês de julho.

A partir dos gastos com alimentação é possível estimar o Salário Mínimo necessário para o atendimento das necessidades básicas do trabalhador e de sua família. Seguindo a mesma metodologia utilizada pelo DIEESE, o valor do Salário Mínimo em Santa Cruz do Sul para o mês de julho de 2022, pago no início do mês de agosto, deveria ter sido de R$ 4.967,32 para uma família composta por dois adultos e duas crianças.

A Cesta Básica Nacional relaciona um conjunto de alimentos que seria suficiente para o sustento e bem-estar de um trabalhador adulto ao longo de um mês, tomando como base o Decreto Lei nº. 399, de 30 de abril de 1938, que regulamenta a Lei nº. 185 de 14 de janeiro de 1936 – da instituição do Salário Mínimo no Brasil. Este Decreto estabelece que o salário mínimo é a remuneração devida ao trabalhador adulto, sem distinção de sexo, por dia normal de serviço, capaz de satisfazer, em determinada época e região do país, às suas necessidades normais de alimentação, habitação, vestuário, higiene e transporte.


Foto: Divulgação
Dos 13 produtos pesquisados, cinco apresentaram redução e oito produtos apresentaram elevação de preço
Dos 13 produtos pesquisados, cinco apresentaram redução e oito produtos apresentaram elevação de preço