Sindicato comemora 59 anos com realização de feira de negócios


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 26/07/2022 15:00

Geral   VERA CRUZ

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais na Agricultura Familiar de Vera Cruz está em festa. São 59 anos de trajetória completados em 2022, consolidando a marca de 700 associados. A data e os feitos não poderiam passar em branco. Nos dias 28 e 29 de julho, ou seja, nesta quinta e sexta-feira, a comemoração será diferente e promete atrair muitos visitantes. Serão dois dias de Feira de Negócios em frente à sede do STR, na rua Thomaz Gonzaga, no centro de Vera Cruz. Haverá diversos expositores, explica o presidente da entidade, Cristian Wagner, como as agroindústrias associadas ao STR para comercializar alimentos, e empresas Agro Sandri, Argepasi Alimentos, Conrad Implementos Agropecuários, Cooperativa Casul, Clínica Vitae, Diamaju, Fortbrain, Guarany, Kibarato Agrícola, Lothar Krause, LS Tractor, Máquinas Primus, Mercadão dos Óculos, Natumate – ervateira, Pandolfo Ferramentas, Rações Supra, Secretaria Municipal de Saúde, Sentinela Eletrônicos e Souza’s Bier, sem contar em outros tantos apoiadores da iniciativa que estarão presentes também. 

“Mas o principal objetivo é mostrar para a população rural e urbana a força do Sindicato, como entidade de representação e comercial. O Sindicato tem 59 anos de história, e tem hoje mais de 700 associados, entre jovens, mulheres e aposentados rurais. É uma entidade que luta e busca políticas públicas para melhorar a vida dos homens e mulheres trabalhadores rurais, além do trabalho com os convênios médicos e assistenciais. Sempre olhando para o bem-estar da comunidade”, atesta o dirigente.

Cristian explica que no dia 28 de julho, data do aniversário do Sindicato, haverá a abertura oficial, com a presença de autoridades e lideranças das entidades, às 9 horas.
Mas além da comemoração e da feira de negócios, outra questão que a entidade rural quer enfatizar é sobre a importância da Semana da Agricultura Familiar, que começou no dia 24 de julho e vai até o dia 29, sexta-feira. 

É uma agenda nacional dentro da década da agricultura familiar, que vai até 2028. Temos que enfatizar esta agenda e criar debates fortes neste tema”, completa ele, ao destacar temas como a sucessão familiar, a permanência do jovem no campo, do cooperativismo e associativismo. “A agenda nacional busca debater esses temas e a feira quer valorizar a agricultura familiar e mostrar tecnologias e conhecimentos que venham a somar para o trabalho no campo”, arremata Cristian.


Foto: Carolina Almeida/ Jornal Arauto
Programação será desenvolvida na rua em frente ao Sindicato
Programação será desenvolvida na rua em frente ao Sindicato