Prefeitura mantém programa permanente de preservação e manutenção das tipuanas em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 21/07/2022 09:07
Atualizado 21/07/2022 09:07

Geral   MEIO AMBIENTE

O Túnel Verde do centro de Santa Cruz do Sul é um dos principais cartões-postais da cidade. À sombra e ao frescor proporcionados pelas tipuanas a todos que circulam pela rua Marechal Floriano, soma-se também um rico impacto visual provocado pela presença predominante das árvores.

Esse oásis, cultivado no coração da cidade, é alvo de cuidados ininterruptos pela Prefeitura Municipal. Este trabalho está concentrado no Programa de Preservação e Monitoramento do Túnel Verde. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade (Semass),  o trabalho de cuidado com as tipuanas é realizado desde a instituição da secretaria. Entretanto, a ação passou por reorganização a partir de 2018. O programa tem caráter permanente, em conjunto com outras iniciativas voltadas à arborização, lideradas pela Semass.

O Túnel Verde compreende o trecho da rua Marechal Floriano entre as ruas Pinheiro Machado e Borges de Medeiros. Ao longo do trajeto de cerca de 780 metros e 10 quadras, são contabilizadas atualmente 171 tipuanas. O titular da Semass, Jaques Eisenberger, enfatiza que o Túnel Verde é um dos grandes atrativos do município. “Todos as pessoas que visitam a cidade acabam sempre lembrando dele. Entretanto, por se tratar de uma estrutura viva, o túnel exige cuidados periódicos e que são realizados para sua a manutenção”, explicou.

O monitoramento tem como objetivo eliminar riscos associados às árvores e preservar o patrimônio histórico-cultural-paisagístico local. De forma mais ampla, o programa busca garantir segurança à população que circula pela área do Túnel, além de assegurar a sua revitalização e a ampliação do ciclo de vida das árvores. O trabalho inclui a avaliação e remoção de ramificações e galhos secos, podres ou ocos. A remoção de vegetação excessiva ou que prejudique o desenvolvimento dos espécimes também é executada dentro deste trabalho. 

A realização de podas e supressões de tipuanas é regida pela Lei Municipal 6447/2012. As podas têm como objetivo a preservação das árvores e sua harmonização com o espaço urbano. O período ideal para boa cicatrização das árvores ocorre entre o outono e o inverno, contudo, situações de emergência costumam exigir intervenções durante o ano todo.

As supressões (cortes ou remoções) são indicadas em situações especificadas em lei, como risco de queda, danos ao patrimônio público ou privado, e estado fitossanitário precário sem condições de recuperação, entre outras situações. 

Entretanto, a Semass enfatiza que, mesmo com todos os manejos preventivos realizados, não existe risco zero em termos de arborização e eventos climáticos críticos. 
O trabalho de monitoramento do Túnel Verde identificou 13 situações ao longo do trajeto que demandarão algum tipo de ação da Prefeitura nos próximos meses. Para os casos elencados, há indicações de monitoramento, poda, limpeza, supressão e remoção.
 


Foto: Luiz Fernando Bertuol/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santa Cruz
O Túnel Verde compreende o trecho da rua Marechal Floriano entre as ruas Pinheiro Machado e Borges de Medeiros
O Túnel Verde compreende o trecho da rua Marechal Floriano entre as ruas Pinheiro Machado e Borges de Medeiros