Prefeitura de Santa Cruz discute nesta quarta-feira realocação de moradores da Travessa Krug


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santa Cruz
Publicado 28/06/2022 11:37
Atualizado 28/06/2022 12:52

Geral   EM DEBATE

A Prefeitura de Santa Cruz do Sul realizou, na manhã desta segunda-feira (27), a notificação de cerca de 20 famílias residentes na Travessa Krug, no Bairro Pedreira. Elas foram convocadas a participar de uma audiência que discutirá a desocupação da área, considerada de risco e tomada de forma irregular.

A retirada dos moradores é decorrente de decisão judicial, proveniente de ação impetrada pelo Ministério Público em 2007. O Município foi condenado a promover a remoção, providenciando nova realocação aos atingidos, assim como providenciar a recuperação ambiental e não permitir novas invasões da área.

A audiência, realizada pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Habitação, Desenvolvimento Social e Esporte (Sehase), com o auxílio da Procuradoria-Geral do Município,  apresentará alternativas para realocar os moradores após a desocupação da área. Como forma de prevenir a formação de aglomerações e garantir a saúde dos participantes, apenas um representante por família poderá participar da reunião. O encontro será realizado no dia 29/06, às 16h, no auditório da Promotoria de Justiça do Estado (rua Venâncio Aires, 959). 

Conforme a Sehase, a maior parte das famílias envolvidas no caso havia sido cadastrada em programa habitacional para o recebimento de moradia no Loteamento Mãe de Deus. Entretanto, desistiram de participar do programa, tendo assinado uma declaração formalizando sua decisão. O titular da secretaria, Everson Carvalho de Bello, reforça que a participação de todos os envolvidos é imprescindível. “É importante que os moradores se façam presentes à reunião, pois a decisão das alternativas, em conjunto, na sua concepção, minimizam os eventuais problemas de execução”, declarou.
 


Foto: Divulgação
Audiência irá tratar sobre desocupação da área, considerada de risco e tomada de forma irregular
Audiência irá tratar sobre desocupação da área, considerada de risco e tomada de forma irregular