ÁUDIO: Entenda como a Polícia trabalha no caso de feminicídio registrado no interior de Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 22/06/2022 11:20
Atualizado 22/06/2022 11:43

Polícia   INVESTIGAÇÃO

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) trabalha para entender os detalhes do crime que terminou com a morte de Tiara Schlosser, de 37 anos, e de Roni Behling, de 49. Os corpos do casal foram encontrados no final da tarde dessa terça-feira (21) por familiares, em Linha Antão, no interior de Santa Cruz do Sul. De acordo com a delegada Raquel Schneider, o caso é tratado como feminicídio seguido de suicídio.  

O horário da morte será apontado no laudo que está sendo elaborado por uma equipe do Instituto-Geral de Perícias (IGP), mas a suspeita é que tenha ocorrido horas antes. Conforme o relato inicial dos peritos, havia certa rigidez nos corpos. “Nós temos informações de que os dois filhos do casal estariam com familiares desde o dia anterior. Eles notaram a falta de contato, foram até a casa e encontraram essa situação”, colocou a delegada.

Os policiais não localizaram antecedentes e nenhum registro anterior de qualquer desavença entre o casal. “A gente entende e até fica consternado, sente pelos familiares, mas nós vamos ir em busca, na sequência, de vários dados pra tentar entender a dinâmica do que levou a esse ocorrido. [...] nós vamos dar esse tempo e, em seguida, ouvir esses os familiares pra entender essa dinâmica dos fatos”, finalizou.

Leia também: Velório de casal encontrado morto no interior de Santa Cruz começa na tarde desta quarta-feira

Ouça a entrevista com a delegada Raquel Schneider: 


Reprodução/Facebook
ÁUDIO: Entenda como a Polícia trabalha no caso de feminicídio registrado no interior de Santa Cruz