Prefeitura de Santa Cruz diminui lista de espera por consultas médicas


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santa Cruz
Publicado 09/06/2022 11:56
Atualizado 09/06/2022 11:59

Geral   SAÚDE

Mobilização da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul tem reduzido significativamente a lista de espera por consultas em especialidades médicas. Os resultados foram evidenciados por um levantamento realizado durante o mês de maio. O trabalho tem se baseado fundamentalmente na realização de mutirões de atendimento.

Conforme a secretária municipal de Saúde Daniela Dumke, o acúmulo de consultas pendentes se deveu, principalmente, às restrições impostas durante o período de pandemia de Covid-19, quando foi suspenso o atendimento a casos eletivos. Daniela destacou que foi uma preocupação da prefeita Helena Hermany buscar soluções para resolver a demanda reprimida. “Em um curto prazo de tempo, no que compete ao Município, atuamos com agilidade para atender a essa necessidade”, afirmou.

O Município mantém uma cota de consultas mensais, contratadas através de prestadores como o Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) e de hospitais. Para o mutirão, que está sendo realizado de forma contínua, é negociado um número adicional de consultas, conforme as especialidades médicas solicitadas e também de acordo com a disponibilidade dos médicos para atender os serviços.

Em casos como os de uroginecologia, nefrologia e cirurgia pediátrica, a lista de espera caiu para zero no mês de maio de 2022. Também houve especialidades que apresentaram diminuição expressiva de maio de 2021 para maio deste ano. É o caso da hematologia (de 302 para 1, redução de 99,66%), gastroenterologia (de 267 para 3, 98,87%), coloproctologia (de 653 para 56, 91,42%), neurologia (de 105 para 11, 89,52%), pequenos procedimentos cirúrgicos (de 610 para 69, 88,68%), cardiologia (de 355 para 62, 82,53%), endocrinologia (252 para 65, 74,2%) e traumatologia (de 743 para 277, 62,71%), entre outras.

A Prefeitura é responsável por atendimentos de baixa e média complexidade, onde se enquadram as consultas com especialidades médicas. Entretanto, em alguns casos, o paciente pode ser encaminhado para outros procedimentos de alta complexidade, como cirurgias, responsabilidade do governo do Estado. 

A prefeita Helena Hermany destacou o empenho da administração municipal em trazer mais agilidade para a oferta de consultas com especialidades médicas. “A saúde é uma questão séria, que concentra uma boa parte dos esforços de nosso governo. Estamos mobilizados para zerar a espera por consultas e cuidar da nossa gente”, afirmou.

 


Foto: Freepik/Divulgação
Resultados foram evidenciados por um levantamento realizado durante o mês de maio
Resultados foram evidenciados por um levantamento realizado durante o mês de maio