Obras do Parque do Imigrante devem começar ainda neste mês em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santa Cruz do Sul
Publicado 06/05/2022 18:02
Atualizado 06/05/2022 18:03

Polícia   MELHORIAS

O parque temático da imigração germânica de Santa Cruz do Sul já tem data marcada para sair do papel. Reunião no Salão Nobre do Palacinho na tarde desta sexta-feira (6) definiu um prazo para o início das primeiras benfeitorias no local. 

Participaram do encontro representantes do Governo Municipal e da Comissão Pró-Parque, formada por integrantes da Associação dos Moradores de Linha Santa Cruz (Amorlisc) e Rotary Club Cidade Alta.
O parque ocupará área na Granja Municipal, em Linha Santa Cruz, junto ao cemitério onde estão sepultados dois dos primeiros imigrantes chegados à região em 1849. O objetivo é criar um lugar de preservação e promoção da cultura germânica, com foco no desenvolvimento econômico e no turismo.

A primeira etapa de obras deverá ser executada durante os meses de maio, junho e julho. As primeiras intervenções deverão incluir a construção de estacionamento, sanitários, calçamento da via interna principal do parque e playground.

A prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany, salientou a importância da iniciativa. “O Parque do Imigrante aliará a preservação das raízes germânicas à geração de emprego e renda, através do turismo e promoção de atividades locais como a nossa gastronomia. Será um marco cultural para o município e o Vale do Rio Pardo”, destacou.

O vice-prefeito Elstor Desbessell vislumbra uma estrutura que será bastante celebrada pela comunidade. “Será um espaço agradável de valorização histórica, com uma grande estrutura para a população de Santa Cruz do Sul e todos aqueles que quiserem conhecer um pouco de nossas tradições”, comentou.

Presidente da Amorlisc e da Comissão Pró-Parque, Ricardo Bringmann considerou o resultado da reunião bastante positivo, pois permitiu definir a realização das primeiras intervenções no local. Bringmann revelou que a comissão avalia a mudança do nome do empreendimento. Inicialmente concebido como Parque do Imigrante, o projeto está se direcionando para uma nova denominação: Volkspark – parque do povo, em alemão. 

Ele explica que sempre foi uma grande expectativa da comunidade ter um espaço específico para a preservação e manutenção da história e cultura alemã. Mas destaca que a iniciativa também busca outro viés. “Queremos que tenha, principalmente, um olhar no desenvolvimento econômico e turístico, sendo que o parque é para a preservação das raízes de Santa Cruz e região”, declarou. 

Presente ao encontro, o líder do governo na Câmara, vereador Henrique Hermany, destacou que o parque temático é um importante projeto, não só para o desenvolvimento de Linha Santa Cruz, mas de todo o município. “Com este novo espaço, Santa Cruz do Sul se prepara para explorar ainda mais o turismo de proximidade, atraindo visitantes a um local com uma história rica e bela natureza”, avaliou.

Também participaram da reunião os secretários municipais Márcio Martins (Desenvolvimento Econômico e Turismo) e Hardi Lúcio Panke (Agricultura), o diretor de Obras Urbanas Gerson Vargas e o subprefeito de Linha Santa Cruz, João Domingos Cassep Filho.
 


Foto: Luiz Fernando Bertuol/ Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santa Cruz do Sul/ Divulgação
A primeira etapa de obras deverá ser executada durante os meses de maio, junho e julho
A primeira etapa de obras deverá ser executada durante os meses de maio, junho e julho