EMEF Felipe dos Santos é destaque em programa sul-brasileiro


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 07/05/2022 12:00

Geral   VALE DO SOL

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Felipe dos Santos, de Rio Pardense, ficou entre os 10 melhores educandários do Prêmio Escola Destaque, organizado pelo projeto Verde é Vida, da Afubra. Ao todo, a escola concorreu com outras 33 da região sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná). Durante a última sexta-feira, dia 29, foi entregue uma premiação em dinheiro, através do coordenador do Projeto Verde é Vida, Márcio Magalhães. 

Conforme a professora responsável pela organização dos trabalhos na EMEF Felipe dos Santos, Cintia Marisa Kern, durante todo o 2021 foram realizadas atividades como coleta de óleo saturado, coleta de sementes nativas, projeto da escola, pesquisa científica, ação conjunta e grupo ambiental ativo. No entanto, foi através do projeto de leitura, envolvendo o grupo escolar e a comunidade, que a escola se destacou. “Nosso projeto teve como tema ‘Leitura: um novo olhar para a vida’. O objetivo foi despertar nos educandos e comunidade um novo olhar para a leitura, pois se percebeu o afastamento dos alunos e famílias do ato de ler, em razão dos aparelhos eletrônicos. A falta de incentivo de algumas famílias ocasionava o desinteresse nos livros, então decidimos propor aos alunos momentos de leitura semanal e incentivamos a comunidade para retirar livros na escola”, frisou. Ainda, foi realizada uma pesquisa científica sobre a água, que contou com a parceria das famílias e a Prefeitura. O grupo ambiental da escola é composto por representantes de alunos dos anos finais, do 6° ao 9º ano.

Integrante do projeto, a aluna Gabriely Luiza Goldschmidt, de 14 anos, achou a iniciativa  muito importante, por conta da pandemia ter feito os alunos se aproximarem dos aparelhos eletrônicos. “Perdemos o hábito de leitura e da oratória, era mais fácil somente digitar nos nossos aparelhos, já que eles mesmos corrigiam as palavras. Esse trabalho me fez refletir muito sobre como estávamos tão conectados com a internet, que acabamos esquecendo de como era a sensação de tocar um livro”, ressaltou.


Foto: Divulgação
Ações de incentivo à leitura para os alunos e a comunidade renderam prêmio
Ações de incentivo à leitura para os alunos e a comunidade renderam prêmio