Cerca de 500 mulheres são esperadas no 1º Encontro D’elas, em Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 29/04/2022 06:59
Atualizado 29/04/2022 06:59

Geral   EVENTO

Cerca de 500 pessoas são esperadas no Clube Cultural e Esportivo Vera Cruz nesta sexta-feira (29) a partir das 9 horas, durante o 1º Encontro D’elas. Um dia repleto de atividades, que busca empoderar as mulheres rurais assistidas pela Emater/RS-Ascar, dando voz e vez a temas como saúde, autoestima e sexualidade. O evento é promovido pelos escritórios municipais da instituição em Vera Cruz, Rio Pardo, Passo do Sobrado, Sinimbu, Herveiras, Gramado Xavier, Vale do Sol, Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul, e tem o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Vera Cruz e patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer de Vera Cruz, Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) e Sicredi Vale do Rio Pardo.

Para a extensionista rural social do escritório da Emater/RS-Ascar na Capital das Gincanas, Paula Sabrina Mallmann, falar sobre autoestima e sexualidade e, desta forma, promover saúde, é uma das ações mais importantes do trabalho social desenvolvido pela Emater. “São assuntos presentes nas diversas fases da vida e que trabalhamos nos grupos de mulheres e nas visitas às propriedades. Entre eles, os papeis que as mulheres representam na sociedade, os pesos que carregam, o olhar machista com que são vistas pelos demais e por si mesmas. Foram as mulheres que nos motivaram a criar esse evento, pois a sexualidade por vezes é pauta de muitas conversas, mas precisamos naturalizar esse e outros assuntos, com informação e consciência”, frisa.

“A mulher, muitas vezes, não tem a percepção de que o prazer é dela por direito, porque o prazer é negligenciado. Quanto menos se fala sobre essas temáticas, mais elas viram tabu e, por isso, acabamos vendo o sexo como sujo, errado e feio, impactando em nossa vida, higiene e autoestima. A sexualidade e a libido têm uma relação muito forte com a forma como tocamos nossa vida. Por isso, a visão e o conhecimento sobre o próprio corpo vão estar em debate na sexta-feira. Buscamos que elas entendam e se questionem sobre o próprio corpo, saibam como ele funciona, o que gostam e o que não gostam”, enfatiza Paula, ao citar que a abordagem ocorre de forma leve e divertida, com música, dança e sorteio de brindes. 

PROGRAMAÇÃO

9h – Recepção e música, com Nina Rosa.
9h30min – Dança circular, com Alessandra Carniel.
9h40min – Abertura e fala das autoridades.
9h50min – Palestra sobre pompoarismo e a saúde da mulher, com a professora e fisioterapeuta Paula Biancheti.
11h – Apresentação de dança com grupo da Jef’s Studio de Dança.
11h30min – Almoço.
12h30min – Música, com Daniel Figueiredo – Mr. Dan.
13h30min – Palestra show sobre autoestima e a sexualidade da mulher, com a extensionista social da Emater/RS – Ascar e potencializadora de pessoas, Vanessa Pazza.
15h - Encerramento.

 


Foto: divulgação
Objetivo do evento é empoderar as mulheres rurais
Objetivo do evento é empoderar as mulheres rurais