Mulher que incinerou marido em forno de fumo é absolvida pelo júri


Por: Portal Arauto
Fonte: GaúchaZH
Publicado 28/04/2022 07:04
Atualizado 28/04/2022 07:07

Polícia   DECISÃO

Uma agricultora de Dom Feliciano, no sul do Estado, foi absolvida pelo assassinato do marido. Após depoimentos de testemunhas e debates entre defesa e acusação, Elizamar de Moura Alves, 36 anos, que respondia pela morte de Erni Pereira da Cunha, 42, foi absolvida. O Tribunal do Júri durou 13 horas no Fórum de Camaquã e foi realizado nessa quarta-feira (27).

Formado por quatro mulheres e três homens, o júri teve votação final em quatro a três. A mulher foi absolvida pelo homicídio, falsidade ideológica e ocultação de cadáver. 

A mulher confessou ter dopado o companheiro e arremessado seu corpo dentro de um forno de secagem de fumo em uma propriedade onde viviam em fevereiro de 2021. A defesa sempre alegou que ela sofria violência doméstica, assim como os dois filhos do casal chegaram a ser ameaçados. Durante o julgamento, arrolada como testemunha de defesa, a filha da ré disse que a mãe sofria abusos físicos e psicológicos.

O Ministério Público deve recorrer da decisão


Foto: Divulgação
Caso aconteceu em Dom Feliciano e mulher disse à polícia que era agredida pelo homem
Caso aconteceu em Dom Feliciano e mulher disse à polícia que era agredida pelo homem