Mato Leitão começa a racionar água


Por: Portal Arauto
Fonte: Portal Arauto e Assessoria de Imprensa
Publicado 12/01/2022 16:26
Atualizado 12/01/2022 16:31

Região   PREOCUPANTE

O decreto de Mato Leitão, que determina racionamento de água em função da forte estiagem no município, entrou em vigor nesta quarta-feira (12). O documento foi assinado pelo prefeito Carlos Alberto Bohn diante do atual momento com poucas perspectivas para ocorrências regulares de chuva nos próximos dias.

Mato Leitão inclusive já decretou "Situação de Emergência" no último dia 30 de dezembro, após a confirmação de prejuízos sociais e econômicos pela frustração na produção agrícola. Agora, o problema se agrava na questão do abastecimento de água, tanto das pessoas, como de animais nas propriedades.

Associações hídricas já emitiram alertas quanto ao uso racional e consciente da água potável. As diretorias podem aplicar penalidades de advertência ou multa de acordo com as normas de cada entidade. Desta forma, os cidadãos que descumprirem as normas do decreto podem receber uma multa de R$ 265. Em caso de reincidência, a multa pode ser acrescida em 100%.

É proibída a utilização de água da rede pública, mananciais hídricos e de poços artesianos nas seguintes atividades:

  • Lavagem de veículos de qualquer espécie, exceto para higienização dos que são usados nos serviços de saúde, transporte de passageiros e para cumprimento de protocolos sanitários;
  • Irrigação de gramados, hortas, jardins e floreiras; reposição parcial ou total de água de piscinas de entidades, associações ou residências;
  • Lavagem de calçadas e telhados de prédios comerciais, industriais ou residenciais.

Foto: Assessoria de Imprensa
Problema se agrava no abastecimento de água tanto para pessoas, como para animais
Problema se agrava no abastecimento de água tanto para pessoas, como para animais