Centro de Especialidades e novas ESFs são metas para 2022 em Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 04/01/2022 12:00

Geral   PLANOS

Com a construção das capelas mortuárias particulares pelas funerárias que atuam em Vera Cruz e, dessa forma, com a diminuição da demanda, muitos se perguntaram qual seria o destino da capela mortuária municipal localizada no centro. Recentemente, o prefeito Gilson Becker anunciou que o local deve se transformar, possivelmente ainda em 2022, em um centro de especialidades médicas voltado à pediatria e ginecologia, marcando uma das principais mudanças na área da Saúde para este novo ano que, entre os planos, ainda conta com a cobertura de mais 12 mil novos cadastros de moradores do município em três novas Estratégias de Saúde da Família (ESFs), estruturadas junto ao Posto de Saúde Central. “Será um ano de muito trabalho”, enfatiza a responsável pela pasta, Clair Tornquist.

A gestora em Saúde lembra que o município já oferece os serviços de ginecologia e pediatria no Posto de Saúde Central. Os casos são inicialmente atendidos nas ESFs ou junto às Equipes da Atenção Primária (EAPs), conforme região de cobertura dos moradores, que somente depois de passarem pela atenção primária são encaminhados para atendimento junto às especialidades. “Dessa forma, por via de regra, só devem chegar à atenção secundária, ou seja, ao atendimento nas especialidades, os casos crônicos, como uma gestação de alto risco, uma criança cujo tratamento iniciou na unidade básica de saúde, mas se agravou, e assim por diante. Contudo, parte da população vinha buscando os atendimentos em ginecologia e pediatria sem passar pela atenção primária, o que não deve ocorrer”, salienta Clair, ao citar que a partir do momento em que houver um espaço adequado para o atendimento destas especialidades e o credenciamento junto ao Ministério da Saúde, esse comportamento não poderá mais se repetir, sob pena de o município não receber recursos para o custeio destes serviços. “Hoje é o Município que banca estas especialidades. No futuro, estando tudo adequado, poderemos receber recursos também como parceria para custear este investimento em Saúde, uma vez que a partir deste ano o Ministério da Saúde passa a fazer repasses por produção. Sendo assim, todo o atendimento terá que passar  inicialmente pela atenção primária, sendo encaminhado, se houver necessidade, à atenção secundária”, esclarece.

A ESTRUTURA

O centro de especialidades irá contar com dois consultórios de ginecologia, um consultório de enfermagem, bem como um ambulatório, pois além das consultas nas duas especialidades, poderão ser realizados no espaço pequenos procedimentos e coleta de exames, como coletas citopatológicas, drenagens de pequenos abcessos, biópsias, cauterizações de lesões, colocação de DIU, curativos, administração de medicamentos, retirada de pontos, teste do pezinho, entre outros. “Estamos pensando também em construir com os nossos dentistas um consultório odontológico para procedimentos como canal e extração de siso, que atualmente não são realizados nas unidades básicas, conforme o plano nacional da atenção básica. E, como sonho de consumo no futuro, quem sabe poder contratar um cardiologista e, desta forma, ir agregando aos poucos profissionais de outras especialidades”, projeta Clair. 

Para que os planos para o espaço se concretizem, a equipe do departamento de engenharia da Prefeitura fez o reconhecimento do prédio em novembro de 2021, buscando indicar as readequações na estrutura existente, bem como as ampliações necessárias - projeto já encaminhado a 13ª Coordenadoria Regional de Saúde. “Estamos agora fazendo o estudo do recurso disponível para colocar em prática este projeto. Tenho a expectativa de que as obras iniciem em março e o centro de especialidades esteja pronto até o fim do ano, mas isso depende de uma série de coisas. Até porque vamos precisar potencializar estes espaços onde hoje os especialistas realizam os atendimentos em ginecologia e a pediatria no Posto de Saúde Central, para dar a funcionalidade às novas ESFs que vão se alojar no espaço”, arremata a secretária de Saúde.  

Posto de Saúde Central contará com três ESFs

Entre os planos da Secretaria de Saúde de Vera Cruz para 2022, ainda, está o remapeamento do município, buscando cadastrar os moradores das áreas ainda sem cobertura pela atenção básica. Serão pelo menos 12 mil novos cadastros, contemplando moradores da área entre Linha Capão e o centro, além dos novos loteamentos do Bairro Bom Jesus e ao longo da rua Ernesto Wild, próximos à  empresa Kopp Tecnologia. “Esses moradores passam a ter como referência de atendimento as ESFs localizadas junto ao Posto de Saúde Central, adequando-se ao novo modelo de financiamento do Ministério da Saúde e chegando-se a uma cobertura de 100% dos atendimentos na atenção básica”, explica a secretária de Saúde, Clair Tornquist, ao frisar que as demais ESFs, como do bairro Arco-Íris e das localidades de Linha Henrique D’Ávila e Vila Progresso, além das Equipes de Atenção Primária de Ferraz e Linha Andréas seguirão seu funcionamento normalmente. 

O Posto de Saúde Central está em reformas e a expectativa é de que as obras sejam concluídas nos próximos meses. 


Foto: Grupo Arauto / Rafael Cunha
Prédio da capela mortuária será centro de especialidades
Prédio da capela mortuária será centro de especialidades