Prefeitura assina decreto que autoriza aquisição de lotes de terras no Distrito Industrial


Por: Portal Arauto
Publicado 30/12/2021 12:30
Atualizado 30/12/2021 12:49

Geral   INVESTIMENTO

Foi assinado na manhã desta quinta-feira (30), em ato realizado no Palacinho, o decreto que autoriza a aquisição de lotes de terras no Distrito Industrial, em Santa Cruz do Sul. A área chega a 28 mil metros quadrados e está avaliada em aproximadamente R$ 4 milhões que serão pagos pela Prefeitura de Santa Cruz com recursos livres. O espaço será destinado à instalação ou expansão de empresas, com foco em pequenos e médios empreendimentos.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Santa Cruz, Márcio Martins, será possível colocar no espaço até 15 empresas que procuram até 2 mil metros quadrados para expandir as operações ou se instalar no município: "Vamos parar de ouvir que o Município não tem terreno para o empresário que quer aqui investir. Isso é um orgulho pra nós". 

A ideia inicial, conforme ele, é de que as empresas sejam donas do espaço em um tempo determinado desde que contemplem os requisitos solicitados pelo Município: "A Secretaria de Planejamento já solicitou alguns estudos de outras áreas para que se tenha mais espaço para ceder a quem quer investir. A partir de hoje teremos espaços públicos para que as pessoas se instalem e o Município e empresas expandam, gerando renda para a nossa população". 

Conforme o vice-prefeito e secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão, Elstor Desbessel, estão sendo avaliadas quatro áreas que poderão servir no futuro para novas expansões industriais: "Mas tudo precisa ser avaliado. A questão de valores, licenciamento ambiental, entre outras questões. O Município está tendo esse olhar para que em 2022 possa engrenar em uma política bastante agressiva de ter locais para oferecer quando for procurado. Nós queremos ajudar também os empresários de Santa Cruz do Sul". 

Na opinião de Martins, o próximo ano será muito positivo para o município no setor de desenvolvimento econômico justamente porque estão previstas instalações de novas empresas e expansões que devem gerar cerca de mil novas vagas de emprego. 

 

 

 


Foto: Ricardo Gais/Portal Arauto
Assinatura ocorreu no fim da manhã desta quinta-feira
Assinatura ocorreu no fim da manhã desta quinta-feira