Arauto Saúde: a adoção como forma de amor


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 25/12/2021 07:59

Arauto Saúde   AMOR PELO PRÓXIMO

No dia 24 de dezembro de 2020, um casal santa-cruzense realizava o sonho de adotar duas crianças para formar uma família. Assim, o casal cumpriu o propósito de garantir o direito ao afeto e de uma família as crianças. Para falar mais sobre a importância da adoção e como ela mudou a rotina da família, os convidados dessa semana do Arauto Saúde são o casal Gustavo Schneider e Raquel Schneider, ambos delegados de polícia.

Conforme a delegada, o período burocrático da  adoção é como estar permanentemente grávida, pois quando se entra na fila, não se tem uma certeza quando o processo estará concluído. “Nós ficamos quase cinco anos aguardando por esse momento, e de repente, da noite pro dia, aconteceu. Nossas crianças - uma menina e um menino - a gente conheceu no início do mês de dezembro. Eles vieram para passar o Natal conosco e nunca mais saíram de casa”, destacou a profissional de segurança.

De acordo com Paulo, que é vice-presidente do Grupo de Apoio e Incentivo à Adoção de Santa Cruz do Sul (GAIA), é muito importante que os pais adotivos tenham conhecimento sobre o tema. “A paternidade adotiva exige uma preparação. É muito necessário o grupo de apoio e a expectativa é de que a gente possa corresponder da melhor forma possível a toda comunidade, assim como ocorreu em outros municípios”, salientou o delegado.

Sobre a mudança de rotina, o casal afirmou que deixou a casa muito mais alegre. “A chegada de crianças sempre torna a vida da gente mais alegre, de certa forma rejuvenesce, pois você volta a ser criança, volta a vivenciar aqueles momentos que tu já passaste. Os filhos são a nossa conexão com o eterno, a nossa vida deu uma guinada. Agora se tem uma riqueza e uma diferença grande, é muito bom a gente viver essa experiência”, conclui o casal.


Foto: Getty Images
Processo de adoção garante o direito ao afeto e da família as  crianças
Processo de adoção garante o direito ao afeto e da família as crianças