Arauto Saúde: pediatra santa-cruzense recebe certificação internacional em amamentação


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 18/12/2021 07:59

Arauto Saúde   DESTAQUE

Responsável por tratar e acompanhar o desenvolvimento das crianças, a função de pediatra requer muita sensibilidade por parte dos profissionais, que trabalham auxiliando os pais com orientações sobre alimentação, amamentação, gestação, sono, vacinas, prevenção de doenças e acidentes. Nesse sentido, o Certificado Internacional de Consultor em Lactação pelo IBLCE (International Board Of Lactation Consultant Examiners), é um dos maiores reconhecimentos que um pediatra pode receber por seu trabalho desenvolvido. Para falar mais sobre a obtenção do certificado e a sua importância, a convidada desta semana do Arauto Saúde é a pediatra Clarissa Aires Roza.

Conforme a especialista, a Certificação Internacional em Amamentação é feita por um órgão internacional independente que é o único órgão mundialmente conhecido para capacitar consultores em amamentação. “A certificação é algo muito importante para a minha área, fruto de muito empenho e dedicação em sua profissão. Existem pré-requisitos para que a gente possa conseguir chegar e realizar uma prova para comprovar nosso conhecimento. Esses pré-requisitos têm a ver com a quantidade de tempo atendendo mães e bebês, se você tem cursos na área, sem contar o fato de ser profissional da saúde. Então, a gente recebe a notificação que estamos aptos a realizar essa prova que é feita anualmente em mais de 100 países. Assim, se conseguir passar na prova, a gente consegue a capacitação internacional em amamentação”, salienta.

Segundo Clarissa, esse reconhecimento funciona  como um selo de qualidade. “Os profissionais que recebem essa certificação internacional estão aptos para atuar na amamentação e lactação de qualquer país, sendo os profissionais mais aptos a darem esse tipo de atendimento para as duplas mães, bebês  e suas famílias, desde o período pré-natal, passando  pela amamentação até o desmame”, frisa a especialista, que ainda revela poder trabalha em empresas através da capacitação. “Nos dá a possibilidade de atuar junto às empresas, no sentido de criar protocolos institucionais e auxiliar os colaboradores das empresas que passam pelo período da lactação para melhorar o atendimento materno-infantil e reduzir ausências ao trabalho”, finaliza a pediatra.


Foto: Getty Images
Período de amamentação da criança afeta vida social e profissional das mulheres
Período de amamentação da criança afeta vida social e profissional das mulheres