Das mãos de Aline Barros, uma nova cara para o chafariz da Oktober


Por: Portal Arauto
Publicado 30/11/2021 19:30

Geral   FORÇA FEMININA

Um dos mais tradicionais pontos turísticos de Santa Cruz do Sul, o chafariz do Parque da Oktoberfest está recebendo uma cara nova. E a responsável por esse trabalho - desenvolvido através do setor de serviços da Secretaria do Meio Ambiente - é a servidora pública Aline Barros, de 37 anos. Seja em dias nublados ou abaixo de um sol forte, a moradora do Bairro Esmeralda segue firme desempenhando o trabalho de pintar o local e deixá-lo mais bonito para a comunidade e os visitantes.

Mesmo que quase 100% do setor onde Aline atua seja masculino, a auxiliar de serviços gerais faz questão de estar em todos os lugares. Tanto é que assumiu a função da manutenção das águas justamente após um colega deixar o cargo. A partir daí, começaram as reformas em outros pontos da cidade e, tudo isso, com as digitais dela. "Foi na metade do ano que iniciamos os trabalhos. Reformamos o chafariz da Catedral, mas não se tinha planos de arrumar os outros. Aí eu falei para o meu chefe que não adiantava só limpar a água, que precisávamos pintar também. Ele me disse que não podia porque estavam sem pintor, mas eu disse que se ele arrumasse a tinta, eu pintava", afirma.

E assim foi. Com as tintas em mãos, Aline deu início as pinturas no chafariz do Monumento do Imigrante, da Praça da Bandeira e, agora, do Parque da Oktoberfest. Ela conta que, em alguns momentos, contou com a ajuda dos colegas, mas que a maior parte do trabalho foi feita somente por ela. "Ser auxiliar de serviços gerais é a parte que eu mais gosto porque a gente nunca faz a mesma coisa. Aqui, acredito que encerramos os trabalhos no final da semana e a pintura fica garantida por uns cinco anos. Nesse meio tempo vou inventando outras coisas", destaca.

Força e inspiração que vem de casa

Não é só no trabalho que Aline se destaca pela pró-atividade e por fazer atribuições que, no passado, eram consideradas "coisas de homem". Em casa, a mãe do pequeno Arthur e esposa do André também gosta de "colocar a mão na massa". E toda essa força de vontade vem desde muito cedo, como conta a servidora, emocionada. "Minha mãe criou eu e o mano sozinha. E ela sempre dizia: se tu quer algo vai atrás, porque a mãe não tem condições de dar. Então a gente sempre deu valor para as coisas e a não depender dos outros para fazer nada", considera.


Foto: Milena Bender/Portal Arauto
Das mãos de Aline Barros, uma nova cara para o chafariz da Oktober


Foto: Milena Bender/Portal Arauto
Das mãos de Aline Barros, uma nova cara para o chafariz da Oktober