Arauto Saúde: a chegada do verão e o risco de afogamentos


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 20/11/2021 07:59

Arauto Saúde   CUIDADOS

Com a proximidade do verão e o consequente aumento na temperatura, muitas pessoas procuram arroios, rios, lagos e até a praia para se refrescarem e aproveitarem os dias ensolarados. No entanto, mesmo que seja uma atividade para relaxar, a prática não deve ser levada como brincadeira, de vido aos riscos de afogamento e demais situações que envolvem atividades na água. Para falar um pouco mais sobre os riscos e cuidados em frequentar locais para banho, o convidado dessa semana do Arauto Saúde é o comandante do 1° Pelotão dos Bombeiros de Santa Cruz do Sul, tenente Evandro Leal.

Conforme o comandante, as pessoas costumam negligenciar equipamentos e comportamentos importantes ao procurar um local para se banhar, fazendo com que os afogamentos ocorram. “A gente está passando por momentos de ondas de calor muito fortes, o que faz com que as pessoas naturalmente procurem lugares com água para se refrescarem. A gente sempre procura orientar as pessoas para que elas tomem um comportamento preventivo, sempre buscando procurar lugares onde é possível cuidar, principalmente as crianças, pois se a gente vai levar uma criança para se banhar, deve-se ter certeza que esse lugar vai dar pé”, salienta tenente Leal, que também alerta para as crianças que sabem nadar, o cuidado com outros tipos de perigos envolvendo a água. Mesmo sabendo nadar, a criança pode escorregar e bater a cabeça. Os acidentes aquáticos  não são exclusivamente  por afogamento. “Todo o cuidado deve ser realizado”, destaca o tenente.

Ainda, o profissional reforça o alerta para que os banhistas procurem ir a locais onde se tenham guarda-vidas, pois em caso de ocorrerem incidentes seria possível contar com o resgate de profissionais qualificados. “A gente tem alguns slogans no Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul  (CBMRS). Na atividade de salvamento aquático, nós temos uma premissa que se podemos vê-los, podemos salvá-los. Não conseguimos salvar quem a gente não enxerga, então acho que assim já consigo trazer uma boa informação, para que as pessoas procurem um local aonde possam ser vistas pelos guarda-vidas”, finaliza o comandante do 1° Pelotão dos Bombeiros de Santa Cruz do Sul.


Foto: Getty Images
Cuidados devem ser redobrados com a presença de crianças
Cuidados devem ser redobrados com a presença de crianças